Joaçaba Pneus
ECONOMIA

CCJ aprova texto relativo a plano plurianual para setor agropecuário, diz FPA

20 Mar 2019 - 18h33Por Tânia Rabello

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) divulgou nesta quarta-feira, 20, em nota, que a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou alterações no projeto que prevê a criação de um plano plurianual para o setor rural. O projeto, de autoria do deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da FPA, foi apresentado em 2011 e em seguida aprimorado pelo Senado.

Agora, após a passagem para o CCJ, o texto será encaminhado para apreciação no plenário da Câmara. "Em caso de nova aprovação, ele segue direto para sanção", diz a FPA.

De acordo com o projeto, o plano que o governo lança todos os anos com ações de política agrícola destinadas à agricultura empresarial e familiar poderá passar a ser plurianual, com períodos acima de dois anos.

Segundo Alceu Moreira, o planejamento contribui para o uso eficiente dos recursos públicos, bem como para a tomada de decisão mais acertada por parte dos agricultores acerca da cesta de produtos a ser produzida e da correspondente combinação de fatores de produção. O plano prevê ações relativas a crédito rural, comercialização, seguro rural, zoneamento agrícola, defesa sanitária, cooperativas, agroindústrias, assistência técnica e pesquisa agropecuária.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial

Esta é a primeira loja da rede no estado sergipano. Atualmente, a Havan está presente em 18 estados brasileiros, mais o Distrito Federal
Rede catarinense Havan inaugura 160ª filial
Economia

Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30

Aumento pode passar de 20%, diz diretor da Aneel
Decisão sobre reajuste de bandeiras tarifárias deve sair até o dia 30
Economia

Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial

Novo calendário começa nesta sexta-feira, para nascidos em janeiro
Caixa antecipa pagamento de terceira parcela do auxílio emergencial
Economia

FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço

O insumo teve alta superior a 100% em 12 meses e tem impactado diversos setores, principalmente a construção e o metalmecânico
FIESC defende redução temporária do imposto de importação do aço
Ver mais de Economia