ECONOMIA

'Bloco Nordeste tem muitíssimo potencial de desenvolvimento', diz Aena

15 Mar 2019 - 15h59Por Luciana Collet, Fabiana Holtz e Daniel Weterman

O forte potencial turístico foi o principal fator que atraiu o grupo espanhol Aena à disputa pelo Bloco Nordeste do leilão de aeroportos realizado nesta sexta-feira, 15. O operador levou a concessão com um lance de R$ 1,9 bilhão, que superou os de outros 5 proponentes e com isso conquistou seu primeiro ativo no Brasil.

O diretor da Aena Internacional, Juan Jose Alvarez, classificou o bloco, composto pelos aeroportos de Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB) e Campina Grande (PB), como "muito importante" para a Aena e destacou o potencial de desenvolvimento turístico especialmente dos ativos nas capitais de Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

"Tem muitíssimo potencial de desenvolvimento", afirmou, salientando que o grupo possui 47 aeroportos na Espanha, dos quais 80% são aeroportos turísticos. Ele disse que espera contar com a ajuda do governo para desenvolver o potencial turístico.

O executivo também comentou que o grupo utilizará recursos próprios para realizar os investimentos no Bloco.

Além do R$ 1,9 bilhão de contribuição inicial, a ser paga na assinatura do contrato, a Aena deverá desembolsar R$ 788 milhões ao longo dos primeiros cinco anos de contrato em obras de melhorias nos aeroportos estabelecidas no contrato.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Renault, WEG e EDP fazem parceria para expandir estações de recarga para veículos elétricos

A WEG fornecerá as estações de recarga para veículos elétricos e a EDP será responsável pelas vistorias e pela instalação dos equipamentos
Renault, WEG e EDP fazem parceria para expandir estações de recarga para veículos elétricos
Economia

Presidente sanciona a Lei Orçamentária de 2021 com veto parcial

Texto também terá bloqueio administrativo
Presidente sanciona a Lei Orçamentária de 2021 com veto parcial
Política

Maioria do STF vota para manter decisão que considerou Moro parcial

Julgamento foi suspenso por pedido de vista do ministro Marco Aurélio
Maioria do STF vota para manter decisão que considerou Moro parcial
Economia

BC aprova obrigatoriedade de bancos ofertarem Pix por agendamento

Instituições também ganharam mais prazo para Pix Cobrança
BC aprova obrigatoriedade de bancos ofertarem Pix por agendamento
Ver mais de Economia