Delivery Much
Energia

Bandeira tarifária amarela de energia elétrica passa a vigorar no Brasil em maio

O consumidor vai perceber um acréscimo de R$1 por cada 100kWh consumido durante o mês

06 Mai 2019 - 14h38Por Celesc
Bandeira tarifária amarela de energia elétrica passa a vigorar no Brasil em maio -

Por conta da falta de chuvas e das condições desfavoráveis para a geração de energia, a bandeira tarifária da conta de luz do mês de maio volta a ser amarela. A cor da bandeira, é definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e significa que o consumidor vai perceber um acréscimo de R$1 por cada 100kWh consumido durante o mês.

As bandeiras são uma forma diferente de apresentar o custo da energia, que sofre influência, da disponibilidade de chuvas na região das usinas geradoras. Quanto menos água nas represas, menor será a geração nas usinas hidrelétricas e maior será o uso das termelétricas, que têm custo de geração mais alto.

Bandeiras tarifárias

Desde o ano de 2015, as contas de energia passaram a trazer uma novidade: o Sistema de Bandeiras Tarifárias, que apresenta as seguintes modalidades: verde, amarela e vermelha –   as mesmas cores dos semáforos –  e indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade. Cada modalidade apresenta as seguintes características:

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,010 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha - Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,030 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Bandeira vermelha - Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,050 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Todos os consumidores cativos das distribuidoras serão faturados pelo sistema, com exceção daqueles localizados em sistemas isolados.

Dicas de combate ao desperdício de energia

Existem muitas possibilidades de economizar energia com pequenas ações que ajudam a diminuir o valor da fatura e também a preservar o meio ambiente. A “conservação de energia elétrica” é o combate de desperdício de energia, em que se busca diminuir o consumo sem prejuízo de conforto e lazer. Veja as dicas abaixo:

Refrigerador/Freezer (responsável por mais de 22% do consumo de uma residência)

Lâmpadas (responsáveis por até 15% do consumo de uma residência)

Computador

Ar condicionado

Televisão 


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Santa Catarina inicia colheita de pitaia

Santa Catarina já é o segundo maior produtor da fruta no Brasil
Santa Catarina inicia colheita de pitaia
Geral

Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas

Cinco empreiteiras participaram do processo licitatório, que compreende as obras de arte especiais do trecho - Ponte do Portal, Viaduto do Manne e elevado no bairro Avaí
Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas
Economia

Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro

O desempenho supera a média nacional de 4,1%. É a sexta taxa positiva consecutiva
Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro
Economia

Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país

O Estado apresentou resultado positivo em quatro indicadores da indústria no acumulado de 2020
Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país
Ver mais de Economia