Delivery Much
ECONOMIA

Avianca:pilotos e comissários votam por paralisação em Santos Dumont e Congonhas

13 Mai 2019 - 18h16Por Fabiana Holtz

Os pilotos e comissários de voo da Avianca Brasil decidiram nesta segunda-feira, 13, pela paralisação total das atividades aéreas da companhia em 17 de maio, a partir da 6h, em nome da segurança de voo, nos aeroportos de Santos Dumont (Rio de Janeiro) e Congonhas (São Paulo). A informação é do Sindicato Nacional dos Aeronautas.

"A paralisação permanecerá por tempo indeterminado - até que haja uma resposta satisfatória por parte da Avianca para as reivindicações", diz a entidade em nota. A decisão, segundo a categoria, foi tomada como medida extrema e como um último recurso para garantir a segurança de voo de todos, "já que é responsabilidade dos tripulantes o transporte de vidas em segurança".

Nos últimos tempos, acrescenta o sindicato, a situação tem se mostrado insustentável, com os seguidos atrasos no pagamento de salários e outras verbas como diárias, vale alimentação, férias atrasadas e depósitos de FGTS.

Importante ressaltar que a aérea deu início nesta segunda-feira ao processo de redução de força de trabalho de seus tripulantes.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,43%

A informação foi divulgada hoje pelo Banco Central
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,43%
Economia

Santa Catarina inicia colheita de pitaia

Santa Catarina já é o segundo maior produtor da fruta no Brasil
Santa Catarina inicia colheita de pitaia
Geral

Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas

Cinco empreiteiras participaram do processo licitatório, que compreende as obras de arte especiais do trecho - Ponte do Portal, Viaduto do Manne e elevado no bairro Avaí
Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas
Economia

Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro

O desempenho supera a média nacional de 4,1%. É a sexta taxa positiva consecutiva
Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro
Ver mais de Economia