dengue
ECONOMIA

Ata: intensificação do coronavírus implicaria desaceleração global adicional

11 Fev 2020 - 10h13Por Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues

A ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira, 11, revela que os membros do comitê discutiram os efeitos do coronavírus sobre a economia global.

"O eventual prolongamento ou intensificação do surto implicaria uma desaceleração adicional do crescimento global, com impactos sobre os preços das commodities e de importantes ativos financeiros", destaca o documento.

A conclusão do Copom é de que a consequência desses efeitos para a condução da política monetária dependerá da magnitude relativa da desaceleração da economia global versus a reação dos ativos financeiros.

Assim como já havia sido dito no comunicado da decisão da semana passada, apesar desse aumento de incerteza, o Copom considera que o caráter acomodatício da política monetária nas principais economias ainda tem sido capaz de produzir ambiente relativamente favorável para economias emergentes.

Matérias Relacionadas

Economia

WEG anuncia lucro de R$ 5,731 bilhões em 2023

Resultado é 36,2% maior do que o de 2022. Empresa de Jaraguá do Sul distribui lucros aos colaboradores em março
WEG anuncia lucro de R$ 5,731 bilhões em 2023
Política

Representantes do governo dos Emirados Árabes demonstram interesse em investir na infraestrutura de

Essa foi a primeira reunião da missão internacional catarinense aos Emirados Árabes, liderada pelo governador Jorginho Mello.
Representantes do governo dos Emirados Árabes demonstram interesse em investir na infraestrutura de
Economia

BNDES aprova financiamento de R$ 118 milhões para plano de inovação da WEG

O financiamento do Banco Nacional faz parte da linha BNDES Mais Inovação, lançada em setembro de 2023
BNDES aprova financiamento de R$ 118 milhões para plano de inovação da WEG
Economia

Piso regional de SC é atualizado em 6%

Empregadores e trabalhadores chegam a acordo e novas faixas terão valores de R$ 1.612,26 a R$ 1.844,40.
Piso regional de SC é atualizado em 6%
Ver mais de Economia