ECONOMIA

AIE mantém projeção para oferta de petróleo pelo Brasil em 2019

15 Mar 2019 - 11h51Por Célia Froufe, correspondente

A Agência Internacional de Energia (AIE) manteve hoje a projeção de oferta de petróleo pelo Brasil este ano em 3,07 milhões de barris por dia (bpd). Em 2018, de acordo com relatório mensal da entidade que tem sede em Paris, a produção foi de 2,70 milhões de bpd e, em 2017, de 2,74 milhões de bpd. O patamar de abastecimento doméstico previsto havia sido alterado levemente para cima no mês passado. Nos três meses anteriores estava em 3,06 milhões de bpd.

Apesar de ter mantido o número final de sua expectativa para 2019, a instituição apresentou vários ajustes de suas previsões ao longo do ano. Para o primeiro trimestre, por exemplo, passou a prever um suprimento de 2,82 milhões de bpd no lugar de um volume de 2,87 milhões, como constava do relatório mensal do mês passado.

Já para o segundo e o terceiro trimestre do ano, no entanto, as mudanças foram ligeiramente para cima - ainda não há detalhamento sobre estimativas para o quarto trimestre.

Para o período de abril a junho, a AIE projeta uma produção de 3,01 milhões de bpd ante perspectiva de oferta de 3,00 milhões de bpd apresentada em fevereiro. Já de julho a setembro, a previsão passou de 3,16 milhões de bpd para 3,17 milhões de bpd. Especificamente sobre os meses recentes, a Agência apontou que a produção brasileira foi de 2,79 milhões de bpd em dezembro do ano passado; de 2,73 milhões de bpd em janeiro e de 2,84 milhões de bpd em fevereiro.

Demanda

A demanda brasileira por petróleo este ano será maior do que o previsto no mês passado pela AIE. De acordo com relatório mensal da entidade que tem sede em Paris, o País consumirá 3,06 milhões de barris por dia (bpd) em 2019. No ano passado e em 2017, o uso da commodity havia sido de 3,00 milhões de bpd, conforme a instituição, e, em 2016, de 2,98 milhões de bpd.

No relatório de fevereiro, a AIE havia previsto que a demanda este ano seria de 3,03 milhões de bpd, levemente menor do que a estimativa apresentada em janeiro, de 3,04 milhões de bpd. No fim do ano passado, a perspectiva era de 3,01 milhões de bpd.

Pelos dados atualizados nesta sexta-feira pela agência, o consumo nacional de petróleo deve ser de 2,98 milhões de barris por dia nos primeiros três meses do ano - uma quantia superior à apresentada um mês atrás, de 2,94 milhões de bpd. Também houve ajuste para cima nos números previstos para o segundo trimestre, que passaram de 3,00 milhões de bpd para 3,02 milhões de bpd.

No caso do terceiro trimestre, a correção foi de 3,10 milhões de bpd do relatório anterior para 3,13 milhões de bpd no atual. Para os últimos três meses de 2019, a projeção subiu de 3,09 milhões de bpd para 3,11 milhões de bpd.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Petrobras obtém lucro de mais de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre

Empresa aumentou produção de petróleo e gás natural em 3%
Petrobras obtém lucro de mais de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre
Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Economia

Weg abre inscrições para estágio

Programa de Estágio do segundo semestre de 2021 oferece vagas nas áreas técnicas, administrativas/ tecnologia da informação e engenharia
Weg abre inscrições para estágio
Economia

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

Parcela havia sido depositada em 27 de abril
Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
Ver mais de Economia