quinta, 20 de junho de 2019 - 18h56
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo

Infertilidade: como confirmar

Segundo a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, a incapacidade reprodutiva só pode ser decretada após um ano de tentativas, sem o uso de nenhum tipo de método anticoncepcional.

28 Mar 2019 - 07h30Por Lucas Galdino

Quando o assunto é reprodução, é preciso agir com cautela e sempre com orientação médica. Segundo a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, a incapacidade reprodutiva só pode ser decretada após um ano de tentativas, sem o uso de nenhum tipo de método anticoncepcional. 
 
Para a confirmação da infertilidade masculina, por exemplo, são necessárias duas amostras de sêmen com intervalo entre 15 a 30 dias para a realização do espermograma.  O exame avalia o volume de sêmen, o número, a concentração, a movimentação (motilidade) e a forma (morfologia) dos espermatozoides. Ele também verifica se há algum tipo de inflamação, o que será diagnosticado pela presença de leucócitos. 
 
Além disso, ainda podem ser solicitados exames de imagem. Entre eles, estão o doppler dos testículos e a dosagem dos hormônios testosterona total, folículo estimulante (FSH), luteinizante (LH) e prolactina.
 
Vale sempre ressaltar que, nas situações em que os tratamentos convencionais não resultam em uma gestação, o indicado é utilizar técnicas de fertilização em laboratório para garantir uma gravidez. Nesse sentido, ainda é importante esclarecer que nenhuma delas tem 100% de garantia e que, apesar disso, cerca de 25% das causas de infertilidade masculina são chamadas de idiopáticas, ou seja, não possuem tratamento específico.