Unimed - Capa
TSE

TSE registra prisão de 236 candidatos em todo o país no 1º turno

03 Out 2016 - 13h16
Duzentos e trinta e seis candidatos foram presos em flagrante em todo o país até a noite deste domingo (2), informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por volta das 21h45. Os nomes e os partidos dos detidos não foram informados pela Justiça Eleitoral.

Deste total, 177 candidatos foram presos por realizarem boca de urna, 16 por divulgarem propaganda não-permitida, 11 por transporte ilegal de eleitores, 22 por corrupção eleitoral e 9 por motivos não informados.

Minas Gerais foi o estado com mais prisões de candidatos: 59. Seguido por Santa Catarina (23) e Paraná (21).

Ainda de acordo com o TSE, também foram registradas ocorrências com outros 147 candidatos, mas sem prisão.

O tribunal informou ainda que 1.726 eleitores foram presos por irregularidades cometidas próximo às zonas eleitorais.

Entre os motivos, estão uso de alto-falante (5 prisões), boca de urna (1.010 prisões), divulgação de propaganda (143 prisões), transporte ilegal de eleitores (84 prisões), corrupção eleitoral (166 prisões) e outros motivos (316 prisões).

 

As informações são do

Site G1

Matérias Relacionadas

Economia

Agências do INSS não funcionam hoje

Ponto facultativo do Dia do Servidor Público foi transferido
Agências do INSS não funcionam hoje
Saúde

Covid-19: governo brasileiro se reúne com cinco laboratórios

Ministério da Saúde coletou detalhes técnicos dos estudos em andamento
Covid-19: governo brasileiro se reúne com cinco laboratórios
Economia

Gerente da Sicredi explica sobre o Pix

Todas as pessoas e empresas com conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das instituições aprovadas pelo Banco Central já podem fazer transferências pelo novo sistema
Gerente da Sicredi explica sobre o Pix
Esportes

Brasileiro: mesmo com 0 a 0, Vasco deixa a zona do rebaixamento

Time carioca enfrentou Fortaleza em partida atrasada
Brasileiro: mesmo com 0 a 0, Vasco deixa a zona do rebaixamento
Ver mais de Brasil