Covid - 19
Greve

Sem acordo, greve dos bancários entra na terceira semana

20 Set 2016 - 11h11
Sem acordo, greve dos bancários entra na terceira semana -
Na última sexta feira (15), os bancários recusaram mais uma proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e decidiram continuar a greve nacional, iniciada no último dia 6 e que completa hoje (19) 14 dias,  com mais de 12 mil agências e 52 centros administrativos fechados, já na  terceira semana de paralisação.

Na reunião de sexta feira,  a Fenaban ofereceu aos bancários  reajuste salarial de 7% e abono de R$ 3,3 mil. Os bancários não ficaram satisfeitos e decidiram manter a paralisação. Segundo a Fenaban, ainda não há data para novas negociações.

Os bancários reivindicam reposição da inflação de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24), participação nos lucros, combate à meta abusiva, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, segurança e melhores condições de trabalho.

Na microrregião

Em Jaraguá do Sul, trabalhadores do HSBC, Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal aderiram ao movimento, resultando em 13 agências fechadas.

Em Guaramirim há adesões nas agências do Itaú, Bradesco, HSBC e Caixa Econômica Federal, totalizando quatro agências fechadas.

Em Corupá, bancários do Banco do Brasil aderiram ao movimento.

Em Massaranduba, o atendimento nas agências do Bradesco e Itaú está comprometido devido à greve.

Matérias Relacionadas

Economia

Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial

Caixa anunciou cronograma de pagamentos que vai de julho a setembro
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
Saúde

Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos

Há 632 mil pessoas em acompanhamento e 1.054.043 estão recuperadas
Covid-19: Brasil registra 69,1 mil mortes e 1,75 milhão de casos
Educação

Bolsonaro promete anúncio de novo ministro da Educação nesta sexta

Presidente falou em uma pessoa "conciliadora" para o cargo
Bolsonaro promete anúncio de novo ministro da Educação nesta sexta
Esportes

CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro

Início das Copas Libertadores e Sul-Americana segue indefinido
CBF anuncia novo calendário do futebol brasileiro
Ver mais de Brasil