Coronavírus

Saúde libera mais R$ 4 bilhões para estados e municípios

Valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações

10 Abr 2020 - 13h10Por Da Redação
Saúde libera mais R$ 4 bilhões para estados e municípios - Crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil Crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil

O Ministério da Saúde liberou mais R$ 4 bilhões a estados e municípios para ações de combate à covid-19. O valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações e serviços relacionados à saúde e pode ser utilizado para compra de materiais e insumos, abrir novos leitos e custear profissionais.

Portaria nº 774/2020 com a liberação foi publicada ontem (9) em edição extra do Diário Oficial da União. O valor corresponde a uma parcela mensal extra do que cada estado ou município já recebe para ações de média e alta complexidade ou atenção primária.

Em mensagem nas redes sociais, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, disse que os recursos já foram depositados nas contas dos fundos estaduais e municipais de saúde. “A gente acha que, com isso, eles [os gestores de saúde] podem adquirir os equipamentos de proteção individual (EPIs) que a gente começa a trazer da China. Está começando o mercado chinês a se organizar, estamos conseguindo trazer”, disse.

De acordo com o ministro, a primeira carga com 40 milhões de máscaras vinda da China, de uma compra de 240 milhões de máscaras, deve chegar ao país na terça-feira (14). O esforço da equipe do Ministério da Saúde é de trazer 40 milhões por semana. Um edital será aberto para que empresas interessadas em ofertar esses insumos possam se cadastrar.

“Com isso a gente pacifica o mercado brasileiro. E isso, doravante pacificado, a gente já repassa os recursos para que os estados e municípios comprem, a iniciativa privada já está comprando. O mercado está começando a se normalizar, o de EPIs”, explicou o ministro.

Já sobre os respiradores, Mandetta disse que ainda há dificuldade. Segundo ele, foi feito uma acordo com a indústria nacional para elevar de 800 para 15 mil a produção de respiradores mecânicos em 90 dias.

O ministro da Saúde reforçou a orientação da pasta para manter o isolamento social. De acordo com Mandetta, na próxima semana “vamos colher os frutos da difícil redução da mobilidade social”, determinada por estados e municípios nas últimas duas semanas. “Hoje eu vi que o pessoal começou a andar mais, vamos pagar esse preço ali na frente. Esse vírus adora aglomeração, adora contato, adora que as pessoas achem que ele é inofensivo. E aí, as cidades podem pegar a transmissão sustentada [ou comunitária]”, ressaltou.

Fonte: Agência Brasil


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

 

Matérias Relacionadas

Economia

Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 12 milhões na quarta-feira

As dezenas sorteadas na noite de sábado foram: 26, 27, 28, 32, 38 e 51
Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 12 milhões na quarta-feira
Esportes

Na busca pelo bi olímpico, Brasil reencontra Alemanha em Yokohama

Seleção masculina dá largada nos Jogos de Tóquio no palco do penta
Na busca pelo bi olímpico, Brasil reencontra Alemanha em Yokohama
Esportes

Com nova modalidade incluída, brasileira será a mais jovem representante do país nas Olimpíadas

Rayssa Leal, a mais jovem representante do Brasil, já chegou a Tóquio empolgando a torcida.
Com nova modalidade incluída, brasileira será a mais jovem representante do país nas Olimpíadas
Geral

Advogado esclarece lei que regulamenta uso de dados pessoais na plenária da ACIAG

A LGPD regulamenta o uso de dados pessoais no Brasil, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade
Advogado esclarece lei que regulamenta uso de dados pessoais na plenária da ACIAG
Ver mais de Brasil