Eleições 2020
IBGE

Queda no setor de serviços é a maior para maio desde 2012

13 Jul 2016 - 12h40
Em maio, o volume do setor de serviços do país recuou 6,1% frente ao mesmo período do ano anterior - a maior queda da série histórica, iniciada em 2012, para o mês. Já na comparação com abril, a baixa foi menor, de 0,1%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta quarta-feira (13). No ano, o setor acumula queda de 5,1% e, em 12 meses, de 4,8%.

Na comparação anual, o que mais influenciou a taxa geral do setor de serviços foram os transportes, que mostraram queda de 9,1%, puxada, principalmente, pelos desempenhos do transporte aéreo (-15,1%) e do terrestre (-10,5%). Sobre abril, o avanço foi de 0,5%.

Também pesou o comportamento de serviços profissionais, administrativos e complementares. Sobre 2015, a retração foi de 7,8% e na comparação de maio contra abril deste ano, houve alta de 0,7% em maio.

Os serviços prestados às famílias recuaram 7% e frente a abril, houve estabilidade. Também foi registrada forte queda nas atividades turísticas, de 8,9%, que também são analisadas pela pesquisa. Na comparação com abril de 2016, houve crescimento de 0,4%.

Segundo Roberto Saldanha, analista de serviços e comércio do IBGE, no mês, a "ligeira retração [de -0,1], praticamente acompanhou o crescimento do setor industrial, que também ficou estável em relação a abril. Isso mostra como o setor de serviços depende do desempenho do setor industrial".

 

 

Fonte - G! Economia

Matérias Relacionadas

Esportes

Jaraguá e Tubarão empatam no clássico catarinense

Empate mantém a equipe do Tubarão na liderança do Grupo C, enquanto o Jaraguá sobe para o quinto lugar.
Jaraguá e Tubarão empatam no clássico catarinense
Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Geral

Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias

A empresa é alvo de polêmicas relacionadas à tecnologia 5G
Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias
Economia

IBGE: número de desempregados chega a 13,5 milhões em setembro

Aumento foi de 4,3% no mês e de 33,1% desde maio, mostra pesquisa
IBGE: número de desempregados chega a 13,5 milhões em setembro
Ver mais de Brasil