Caraguá
Inflação

Prévia da inflação desacelera em agosto

24 Ago 2016 - 13h52
IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor - Amplo 15), considerado uma prévia da inflação oficial (IPCA), foi de 0,45% em agosto. O resultado mostra desaceleração em relação a julho, quando o indicador havia mostrado alta de preços de 0,54%. Em agosto do ano passado, foi de 0,43%.

No ano, a alta de preços acumulada é em 5,66%, abaixo dos 7,36% registrados no mesmo período do ano passado. O acumulado dos últimos 12 meses ficou em 8,95%, próximo dos 8,93% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (24).

A prévia da inflação em 12 meses continua acima do limite máximo da meta do governo. O objetivo é manter a alta dos preços em 4,5% ao ano, mas há uma tolerância de dois pontos para mais ou para menos, ou seja, pode variar entre 2,5% e 6,5%.

A inflação oficial no Brasil fechou 2015 em 10,67%, acima do limite máximo da meta. Foi a maior alta de preços anual desde 2002 (12,53%).

Desaceleração


Os alimentos continuaram a pressionar a alta dos preços, mas mostraram desaceleração. A alta foi de 0,78% em agosto, enquanto em julho havia sido de 1,45%.

O feijão-carioca, tipo mais consumido no país, que havia puxado o resultado do mês anterior com o forte aumento (58,06%), desacelerou para 4,74%, segundo o IBGE.

Alguns produtos chegaram a ficar mais baratos de julho para agosto, por exemplo a cebola (-22,81%), a batata-inglesa (-18%) e as hortaliças (-9,01%).

 

Fonte - Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte

Localizada na cidade de Washington a nova fábrica recebeu investimentos de 17 milhões de dólares e será dedicada à produção de transformadores de potência até 10 MV
WEG inaugura quinta fábrica de transformadores na América do Norte
Política

Senado aprova PEC da reforma eleitoral

Texto segue para promulgação
Senado aprova PEC da reforma eleitoral
Saúde

Anvisa recomenda quarentena ao presidente e comitiva brasileira

Ministro Queiroga testou positivo para covid-19 em viagem a Nova York
Economia

Dólar fecha acima de R$ 5,30 após anúncio do Banco Central americano

Bolsa subiu 1,84%, fechando em alta pelo segundo dia seguido
Ver mais de Brasil