Eleições 2020
Recorde

Porcentual de cheques devolvidos atinge 2,39%,

22 Jun 2016 - 14h14
O porcentual de cheques devolvidos em relação ao total compensado atingiu 2,39% em maio, segundo maior nível para o mês desde o início da série histórica, em 1991, segundo pesquisa da Serasa Experian. O recorde para meses de maio foi registrado em 2009, com 2,52%.

Em maio foram compensados 20,622 milhões de cheques, com 1,208 milhão devolvidos pela segunda vez por insuficiência de fundos. Segundo os economistas da Serasa, o aumento do desemprego e a queda do rendimento médio da população estão impulsionando a inadimplência do consumidor em praticamente todas as suas modalidades, sendo a de cheques uma delas.

No acumulado de janeiro a maio, o porcentual de cheques devolvidos está em 2,42%. Na divisão por regiões, a maior inadimplência está no Nordeste (4,63%), seguido do Norte (4,60%), Centro-Oeste (3,18%), Sul (2,12%) e Sudeste (1,99%). Entre os Estados, o mais inadimplente é o Amapá (18,50%) e o menor porcentual está em São Paulo (1,83%).

 

 

Agência Estado

Matérias Relacionadas

Saúde

“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes

Ministro falou na audiência virtual da Comissão Mista do Congresso
“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes
Economia

Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro

Resultado foi melhor que o esperado pelas instituições financeiras
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
Eleições 2020

Mato Grosso será o único estado a escolher um senador

Vaga foi aberta com cassação da senadora Selma Arruda
Mato Grosso será o único estado a escolher um senador
Economia

Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia

O montante é 5,4% inferior ao registrado em 2019, diz CNC
Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia
Ver mais de Brasil