Imobiliária Coralli
PF

PF faz ação para apurar fraudes fiscais na Receita

21 Out 2016 - 10h11
A Polícia Federal cumpre 42 mandados judiciais nesta quarta-feira (19) em seis estados e no Distrito Federal em uma operação para apurar supostas fraudes fiscais junto à Receita Federal. O prejuízo estimado é de pelo menos R$ 100 milhões, segundo a PF. A corporação informou que o esquema fraudava o sistema por meio de compensações de créditos tributários irregulares, utilizando créditos "fantasmas" para quitar dívidas de empresas com o Fisco recorrendo a um software.

Ao todo, a Justiça Federal expediu 12 mandados de prisão temporária, 12 de condução coercitiva e 18 de busca e apreensão. As ações foram iniciadas em São Paulo, Bahia, Goiás, Pará, Rio de Janeiro, Santa Catarina e no DF. Segundo a PF, 20 empresas estão envolvidas com a suposta fraude.

De acordo com a corporação, um grupo de empresas procurava a organização criminosa especializada no esquema, que adquiria créditos fantasmas (com títulos sem validade, por exemplo). Assim, conseguia quitar as dívidas que tinham com a Receita, pagando aos criminosos menos do que valor que deviam de fato.

 

As informações são do

Site G1

Matérias Relacionadas

Economia

Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos

Caged diz que 249,3 mil postos de trabalho foram abertos no mês
Criação de empregos em setembro atinge melhor nível em dez anos
Saúde

“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes

Ministro falou na audiência virtual da Comissão Mista do Congresso
“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes
Economia

Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro

Resultado foi melhor que o esperado pelas instituições financeiras
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
Eleições 2020

Mato Grosso será o único estado a escolher um senador

Vaga foi aberta com cassação da senadora Selma Arruda
Mato Grosso será o único estado a escolher um senador
Ver mais de Brasil