Covid - 19
Lula

PF apura se Odebrecht comprou imóvel para abrigar sede do Instituto Lula

14 Jul 2016 - 12h49
Durante as buscas da Polícia Federal no sítio de Atibaia (SP), investigado como propriedade oculta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em março, investigadores da Operação Lava Jato encontraram contratos de compra e plantas de um imóvel localizado em São Paulo, que pode ter sido comprado pela empreiteira Odebrecht, por R$ 12 milhões, para abrigar a sede do Instituto Lula.

Laudo da Polícia Federal, em Curitiba, anexado aos inquéritos que investigam Lula, analisou documentos, entre eles um contrato de opção de compra de imóvel na Rua Dr. Haberbeck Brandão, na Vila Clementino, em São Paulo. Alguns deles estavam em uma pasta rosa, no sítio de Atibaia, endereçado à ex-primeira-dama Marisa Letícia.

As informações sobre o laudo foram reveladas pelo jornal O Globo nesta terça-feira, 12.

 

 

Fonte - O Estadão

Matérias Relacionadas

Economia

Mercado financeiro projeta queda de 6,1% na economia neste ano

A informação foi divulgada hoje pelo Banco Central
Mercado financeiro projeta queda de 6,1% na economia neste ano
Política

Eleições 2020: prazo final para registro de candidatos vai até 26 de setembro

Cada partido político ou coligação poderá solicitar à Justiça Eleitoral o registro de um candidato a prefeito e um a vice-prefeito. Somente partidos poderão requerer o registro de candidatos a vereador, no limite de uma vez e meia ao do número de vagas di
Futebol

Libertadores volta em 15 setembro; Sul-Americana, em 27 de outubro

Finais deverão acontecer em janeiro de 2021
Libertadores volta em 15 setembro; Sul-Americana, em 27 de outubro
Futebol

Flamengo vence Fluminense no primeiro jogo da final carioca

Partida de volta será na próxima quarta (15), no Maracanã
Ver mais de Brasil