GNet
Operação

Países impõem restrições à carne brasileira após Operação

24 Mar 2017 - 11h57
Países impõem restrições à carne brasileira após Operação  -

Pelo menos 22 países e a União Europeia anunciariam algum tipo de restrição à carne brasileira desde que a Polícia Federal realizou a operação Carne Fraca, na sexta-feira (17). Alguns países suspenderam temporariamente a entrada da carne brasileira, como China, Hong Kong e Egito. Outros como Japão e África do Sul suspenderam parcialmente as compras.




Entre os países que anunciaram restrições, os que possuem maior peso nas exportações de carnes do Brasil são China, União Europeia e Hong Kong, considerando o valor total que cada um comprou em produtos brasileiros em 2016.



Segundo o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o governo está dando atenção especial à China e Hong Kong, além de países árabes. “O secretário Rangel [secretário de Defesa Agropecuária, Luis Eduardo Rangel], está permanentemente em contato com eles, estamos respondendo. E obviamente temos países árabes que são grandes compradores nossos e precisamos, neste momento, dar atenção”, explicou o ministro.



As exportações de carne brasileira desabaram desde a deflagração da Operação Carne Fraca. De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o Brasil exportou US$ 74 mil do produto na terça-feira (21), um volume bem abaixo da média diária de exportações em março antes da operação da Polícia Federal, de US$ 60 milhões.





A Operação Carne Fraca investiga corrupção de fiscais do Ministério da Agricultura, suspeitos de receberem propina para liberar licenças de frigoríficos. Além de corrupção, a PF também apura a venda, pelos frigoríficos, de carne vencida ou estragada, dentro do Brasil e no exterior

G1

GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América

Deyverson saiu do banco de reserva e definiu título na prorrogação.
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
Saúde

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Variante B1.1.529 foi batizada de Omicron
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério
Esportes

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020)
Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores
Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Ver mais de Brasil