Imobiliária Coralli
Futsal

Neto anuncia saída da seleção de futsal e cita Franklin

16 Ago 2016 - 23h26
Foram 15 anos de história e conquistas com a seleção brasileira de futsal, mas chegou ao fim o ciclo do fixo Neto representando o Brasil. Fora da lista de 14 jogadores do técnico Serginho Schiochet para a disputa da Copa do Mundo, na Colômbia, em setembro, o jogador eleito melhor do mundo em 2012 anunciou a aposentadora da seleção em sua conta nas redes sociais nesta segunda-feira. Com agradecimentos e desabafo, o fixo do Kairat-CAZ, comunicou sua decisão aos 34 anos de idade.

– Muita gente veio me perguntar porque eu não disputaria o Mundial de Futsal na Colômbia e aqui vai a resposta: “Não fui convocado”. Hoje encerro um ciclo de 15 anos servindo a Seleção Brasileira. Como muitos dizem, “difícil não é chegar e sim se manter”. […] Acredito ter dado minha contribuição a Seleção Brasileira nesses 15 anos e saio de cabeça erguida por tudo que fiz – publicou o fixo, natural de Uberlândia, no interior de Minas.

Em longo texto, Neto apontou também problemas enfrentados em sua passagem, expondo situações que ele disse ter vivido enquanto jogador da seleção.

– Passei por momentos que não condizem com uma seleção brasileira: 1º, jogador dormindo em chão de aeroporto porque não queriam pagar hotel; 2º, jogador com roupa GG porque tinha que dar a P para os presidentes e esposas de confederações estaduais; 3º, jogador lotando o pé de bolha porque tinha que satisfazer um contrato que nunca perguntaram aos atletas se concordavam. Não vou ser injusto e devemos frisar que na Era PC de Oliveira tivemos todo o suporte para trabalhar – reclamou Neto.

A reportagem entrou em contato por telefone e e-mail com a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) para comentar os problemas citados pelo jogador, mas não obteve resposta até o momento da publicação.

“Injustiça”

Analisando a lista de convocados, o fixo disse que “houve injustiça gigante” com alguns jogadores – sem citar nomes –, mas que deseja sorte ao atual elenco. Sobre o fato de ficar fora, até concordou pelas recentes atuações. O questionamento do jogador ficou por conta do currículo que, segundo ele, é um critério usado pelo Brasil.

– Esses foram meus anos de seleção e desejo toda sorte para os jogadores que estão e aqueles que surgirão ao longo dos anos. Mundial da Colômbia está aí, cada um com sua forma de julgar, na minha houve injustiça gigante com três jogadores. […] Portanto, boa sorte aos que foram e que possam representar bem o nosso país. […] Se fosse por tudo que joguei nos últimos dois anos, acho também que não merecia ser convocado, mas se fosse por histórico na seleção, e isso sempre contou, talvez – ponderou.

Gratidão

Pela seleção brasileira, Neto disputou duas Copas do Mundo, uma na China, em 2004, e outra na Tailândia, em 2012, quando foi campeão (assista ao gol do título acima). Na postagem, o fixo lamentou o fato de não ter disputado o Mundial no Brasil, em 2008, por causa de uma lesão no joelho. Além disso, fez questão de ressaltar as duas gerações de atletas com quem jogou em sua passagem pela seleção, citando nomes como Franklin, Lenísio, Marquinhos, Schumacher, Vinícius e Falcão, além de Tiago, Ari, Wilde, Gabriel e Ciço.

– Consegui todos os títulos possíveis se tratando de Seleção Brasileira e isso só mostra o quanto duas gerações de jogadores se completaram nesse período. […] Individualmente falando, consegui ser eleito Melhor Jogador do Mundo em 2012, troféu que tantos outros craques mereciam, mas infelizmente ele só é entregue de quatro em quatro anos. Obrigado a todos os companheiros que dividi a quadra durante esse tempo e com certeza a qualidade de vocês me fez crescer – finalizou.

Notícia: Globoesporte.com

Matérias Relacionadas

Geral

Evento online mostra que direcionar recursos a projetos sociais locais transforma comunidades

Evento online mostra que direcionar recursos a projetos sociais locais transforma comunidades
Segurança

PRF flagra papagaio silvestre preso em automóvel na BR 101 em Joinville

A ave, da espécie papagaio-verdadeiro, é nativa da fauna brasileira e protegida por lei
PRF flagra papagaio silvestre preso em automóvel na BR 101 em Joinville
Economia

Guedes prevê queda de 4% na economia este ano

Para o ministro, a atividade econômica está em recuperação no país
Guedes prevê queda de 4% na economia este ano
Esportes

Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila

Na última semana, times confirmaram a boa fase, outros tropeçaram, alguns conseguiram se recuperar e há ainda quem, mesmo que a matemática não indique, poderá se classificar.
Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila
Ver mais de Brasil