Imobiliária Coralli
Justiça

Moro pede à Justiça do Rio intimação de Eduardo Cunha

18 Out 2016 - 10h04
O juiz Federal Sérgio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato na primeira instância, enviou à Subseção Judiciária do Rio de Janeiro documento para que o ex-deputado Eduardo Cunha seja citado e intimado a respeito da ação contra ele que tramita na 13ª Vara Federal de Curitiba. O documento foi registrado no sistema da Justiça Federal do Paraná nesta segunda-feira (17).

Na semana passada, Moro decidiu dar prosseguimento à ação em que Cunha é réu na Operação Lava Jato por suspeita de manter na Suíça contas não declaradas. O ex-deputado virou réu quando a ação ainda estava no Supremo Tribunal Federal. Com a perda do mandato, Cunha deixou de ter foro privilegiado e o processo foi enviado a Moro. O ex-deputado responde pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Segundo o documento de hoje, a Justiça do Rio de Janeiro tem prazo de 30 dias para que Cunha possa ser citado e intimado sobre a acusação formulada contra ele. A partir da intimação, começa a contar um prazo de dez dias para que o ex-deputado apresente, por meio de seus advogados, uma resposta à denúncia.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Eleições 2020

Tire suas dúvidas sobre as eleições municipais

Na microrregião, mais de 181,9 mil eleitores devem ir urnas neste ano.
Tire suas dúvidas sobre as eleições municipais
Economia

Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis

Decisão saiu no Diário Oficial de hoje
Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
Economia

Confiança do comércio recua 3,8 pontos em outubro, diz FGV

Indicador passou para 95,8 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos
Confiança do comércio recua 3,8 pontos em outubro, diz FGV
Economia

Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%

Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer 3,42% em 2021
Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 2,99%
Ver mais de Brasil