Premix Concreto
aposentadoria

Militar terá tempo de contribuição maior

08 Dez 2016 - 11h23
Com a pressão da sociedade civil, o governo decidiu enviar o projeto de lei que mudará as regras da aposentadoria e das pensões dos militares no início de 2017 para tramitar conjuntamente com a Proposta de Emenda da Constituição (PEC) da Reforma da Previdência.

As mudanças que estão sendo negociadas preveem, por exemplo, que o tempo de trabalho para que eles passem para a reserva suba de 30 para 35 anos. Outra possibilidade é que as mulheres beneficiárias da pensão dos militares passem a pagar os 11% recolhidos durante a atividade do militar para terem o direito à pensão. Hoje, o servidor paga o porcentual para garantir o benefício para a cônjuge, mas depois que ele morre, a esposa passa a receber sem ter os 11% descontados.

 

Agência Estado

Matérias Relacionadas

Segurança

Bandidos assaltam banco em Cametá, no Pará

Uma pessoa foi morta durante o conflito
Educação

MEC determina volta às aulas presenciais a partir de janeiro

A medida vale para as instituições federais de ensino superior
MEC determina volta às aulas presenciais a partir de janeiro
Geral

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Resolução do Contran entrou em vigor hoje
Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade
Economia

Conta de luz ficará mais cara em dezembro

Custo será de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts hora consumidos
Conta de luz ficará mais cara em dezembro
Ver mais de Brasil