Imobiliária Coralli
Futsal

Magnus e Corinthians fazem clássico pela LNF

03 Ago 2016 - 15h22
O Magnus Futsal, após uma pausa de vinte dias nas partidas, volta a entrar em quadra nesta quarta-feira (3), às 21h30, no Ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP), para enfrentar o Corinthians em clássico válido pela Liga Nacional. Com 17 pontos ganhos, o time de Sorocaba ocupa a décima terceira colocação, já a equipe da capital paulista é a nona, com 21 pontos ganhos.

Esta será a primeira de uma sequência de quatro partidas que os sorocabanos farão na cidade vizinha. No dia 6 o duelo será contra Indaiatuba, no dia 8 contra o Joinville e no dia 11 frente o Jaraguá.

O técnico Fernando Ferretti não poderá contar com o craque Falcão, que cumpre compromissos de agenda pessoal, e também não terá o ala Xande, que se recupera de lesão no joelho. Por outro lado, o restante do elenco estará totalmente à disposição do treinador.

Os torcedores do Magnus Futsal encontram entradas promocionais para duas partidas. Quem comprar ingressos para o confronto contra os corintianos ganha bilhetes para a partida de sábado (6) contra o Indaiatuba, pelas quartas de final da Liga Paulista. O valor é de 10 reais e as vendas seguem até o início do jogo no Ginásio Ayrton Senna, em Itapetininga (SP).

Matérias Relacionadas

Economia

Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses

No comparativo anual, a queda foi de 15,1%
Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses
Política

Bolsonaro faz mudança em cargos do gabinete pessoal e Secretaria-Geral

Decretos foram publicados hoje no Diário Oficial
Bolsonaro faz mudança em cargos do gabinete pessoal e Secretaria-Geral
Economia

BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro

Bancos, financeiras, fintechs poderão oferecer novo sistema
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro
Economia

Caixa libera saques do auxílio para 3,8 milhões de beneficiários

Também foi liberada parcela para beneficiários do Bolsa Família
Caixa libera saques do auxílio para 3,8 milhões de beneficiários
Ver mais de Brasil