Premix Concreto
Futebol

Juventude marca no fim, vence Paysandu na Curuzu e avança na Copa do Brasil

28 Jul 2016 - 15h18
Roniery, contra, e Wallacer marcaram os gols dos gaúchos, enquanto Celsinho fez o dos paraenses. O Juventude conhecerá seu adversário nas oitavas da Copa do Brasil por sorteio.

O jogo

Com três atacantes, o Paysandu começou a partida determinado a definir o jogo nos primeiros minutos, com ataques de velocidade e chutes de Lucas e Ricardo Capanema. Porém, o Juventude abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo, com Hugo, após boa jogada de Lucas, que deu um chapéu no marcador e lançou na pequena área para o antes meia, agora centroavante, que dividiu com Roniery: 1 a 0. A arbitragem deu gol contra para Roniery.

Aos 21, o Paysandu perdeu uma chance incrível: Roniery colocou na área e Fabinho Alves passou para Celsinho, que perdeu o gol. Lucas saiu lesionado aos 22 minutos, com um problema na coxa esquerda - Bruninho entrou no seu lugar.

Ansioso pela pressão da torcida, o Paysandu errava lances de ataque dentro da área, e apostava pesado nos cruzamentos, quase todos tirados pela defesa do alviverde.

Enquanto isso, o Juventude buscava matar o tempo: Elias ficou deitado no chão após uma dividida e levou cartão amarelo por atrasar a partida. Sem espaços na defesa adversária, o Paysandu diminuiu seu ímpeto.

"Viemos com o propósito de defender e contra-atacar. Vamos tentar manter esse resultado que é bom para a gente", disse Elias no intervalo. Celsinho, do Paysandu reclamou. "Eles acharam o gol. Temos que nos movimentar mais rápido".

No segundo tempo, Betinho entrou no lugar de Ruan no Paysandu para aumentar a pressão. Entretanto, o Paysandu insistia nas bolas aéreas: aos 7 minutos, Betinho chegou perto do gol, mas estava impedido.

Leandro Cearense, aos 13 minutos, perdeu mais uma grande chance para o Paysandu, após receber bola na área.

Aos 16, Celsinho cobrou uma falta, longe do gol. Aos 17, Augusto Recife não conseguiu bater para o gol, após jogada de Celsinho.

A torcida do Paysandu pedia por Raí, que iria entrar no lugar de Celsinho. Aos 21 minutos, Celsinho deixou a sua marca no placar: Roniery cruzou na área, a defesa do Juventude não conseguiu tirar e Celsinho botou no fundo da rede do goleiro Elias: 1 a 1. Com o gol, Gilmar Dal Pozzo decidiu tirar Roniery, que sentiu uma lesão, para colocar Raí.

O Paysandu seguia tentando ataques, especialmente em cruzamentos, aproveitando a pressão da torcida, mas esbarrava nas dificuldades técnicas. Enquanto isso, Dal Pozzo abriu o time e passou a oferecer mais espaços para o Juventude. Lombardi foi expulso aos 35 do 2º tempo após levar o segundo cartão amarelo, e Zago trocou Hugo pelo meia Wallacer para segurar o resultado.

Aos 39, Betinho cabeceou perto do gol de Elias, mas não conseguiu marcar. Fabinho Alves caiu dentro da área aos 42 minutos do 2º tempo e o árbitro deu cartão amarelo por simulação. Aos 45, o Juventude conseguiu o gol da classificação: o time encaixou um contra-ataque e Wallacer meteu para dentro da rede: 2 a 1.

O Juventude está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil, e conhecerá o seu adversário por meio de sorteio. Para o Paysandu restou a Série B - o time enfrenta o Vila Nova na Curuzu no sábado (30) às 18h30.

Matérias Relacionadas

Economia

Sicredi é destaque em 13 categorias do anuário Melhores & Maiores 2020

Instituição figura em posições relevantes do guia pelo nono ano consecutiv
Economia

Primeira parcela do 13º salário deve ser paga até hoje

Por causa da pandemia de covid-19, o décimo terceiro dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi antecipado
Primeira parcela do 13º salário deve ser paga até hoje
Eleições 2020

Barroso diz que abstenção de eleitores foi maior que o desejável

Abstenção dos eleitores no segundo turno foi de 29,50%
Barroso diz que abstenção de eleitores foi maior que o desejável
Economia

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.
Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história
Ver mais de Brasil