Caraguá
Justiça

Justiça da Suíça autoriza repasse de dados bancários da Odebrecht

20 Out 2016 - 11h18
A Justiça da Suíça autorizou o compartilhamento de provas obtidas pelo Ministério Público suíço contra a Odebrecht. Parte das provas, que envolvem extratos de contas e ordens de pagamento, já estão em poder dos procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato desde o início do ano, mas a confirmação sobre a validade do repasse dependia de uma decisão definitiva do Tribunal Federal daquele país.

Os dados bancários indicam supostos valores indevidos que eram pagos em contas operadas pela Odebrecht para ex-diretores da Petrobras. A empreiteira recorreu para impedir que o Ministério Público brasileiro utilize os dados financeiros para sustentar as investigações da Lava Jato. Segundo a força-tarefa, o dinheiro era depositado em contas operadas pelo ex-diretores da estatal na Suíça, por meio de empresas offshore controladas pela Odebrecht.

Os advogados da empreiteira defendem a ilegalidade das provas. Para a defesa, os documentos, que estavam em poder do Ministério Público da Suíça, não podem ser utilizados nas investigações pelo fato de a Justiça de primeira instância da Suíça reconhecer que ocorreram erros procedimentais no repasse dos dados.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro

Recomendação é do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico
Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro
Geral

Gustavo Bardim se apresenta na semifinal do The Voice Kids neste domingo

Veja como votar
Gustavo Bardim se apresenta na semifinal do The Voice Kids neste domingo
Geral

Evento online quer potencializar recursos de incentivos fiscais a projetos sociais em SC

O tema será abordado pelo assessor de Responsabilidade Social da FIESC, Sandro Volpato Faria, e pela líder do programa Fundo Social, Andressa Mongruel Martins Vicenzi
Saúde

Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes

Sociedade Brasileira de Imunizações também defende vacinação
Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes
Ver mais de Brasil