GNet
Inflação

Inflação semanal pelo IPC-S sobe nas 7 capitais pesquisadas

11 Out 2016 - 13h37
A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu nas sete capitais pesquisadas na primeira semana de outubro.

Em Salvador o índice foi de -0,04% para 0,07%, Brasília de 0,19% para 0,33%, Belo Horizonte de 0,09% para 0,12%, Recife de 0,32% para 0,48%, Rio de Janeiro de 0,07% para 0,24%, Porto Alegre de -0,09% para 0,08% e São Paulo de 0,1% para 0,17%.

O índice teve alta de 0,19% na semana terminada em 7 de outubro. A variação representa 0,12 ponto percentual acima da taxa registrada na última divulgação.

Segundo a FGV, seis das oito classes de despesa analisadas pela pesquisa tiveram em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Alimentação (-0,14% para -0,01%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar a variação dos preços do item carnes bovinas, cuja taxa passou de 2,08% para 2,8%.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Transportes (-0,11% para 0,1%), Habitação (0,28% para 0,39%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,34% para 0,44%), Vestuário (0,4% para 0,62%) e Comunicação (0,08% para 0,16%).

Na outra ponta, tiveram decréscimo em suas taxas de variação os grupos Educação, Leitura e Recreação (-0,02% para -0,07%) e Despesas Diversas (-0,32% para -0,33%).

 

As informações são do

Site G1
GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

Anvisa recebe pedido para uso emergencial de medicamento contra covid

O molnupiravir é fabricado pela empresa Merck Sharp & Dohme
Anvisa recebe pedido para uso emergencial de medicamento contra covid
Economia

Jaraguá é destaque entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios

Revista Exame aponta que avanço na vacinação contra a covid-19 trouxe reflexos na economia
Jaraguá é destaque entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios
Saúde

Ministério da Saúde recomenda dose de reforço da Janssen

Intervalo deve ser de dois a seis meses
Ministério da Saúde recomenda dose de reforço da Janssen
Geral

Vítimas em acidente com Marília Mendonça morreram pelo impacto

Conclusão é de laudos periciais da Polícia Civil de Minas Gerais
Vítimas em acidente com Marília Mendonça morreram pelo impacto
Ver mais de Brasil