Unimed - Capa
Previdência

Gasto com previdência de estados e municípios deve subir

06 Dez 2016 - 10h20

As despesas com a folha de pagamento e aposentadorias dos estados e municípios devem continuar crescendo em 2017, após chegarem à marca de praticamente metade de todos os gastos dos governos, segundo avaliação de Paco Debonnaire, analista da Moody’s. A agência de risco divulgou nesta segunda-feira (5) um relatório apontando que a perspectiva para os governos estaduais e municipais brasileiros em 2017 é negativa.

Imobiliária Coralli




“Nossa expectativa é de que o crescimento contínuo das despesas com pessoal prosseguirá ao longo de 2017”, disse o analista em nota. A Moody’s aponta que a previsão de receitas fracas também segue comprometendo as contas de estados e municípios. A agência aponta que as propostas para conter os gastos públicos devem continuar “enfrentando resistência”.



A agência avalia ainda que as renegociações da dívida dos estados com o Governo Federal são “insuficientes para mitigar completamente os déficits no financiamento de caixa”.


G1

Matérias Relacionadas

Economia

Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro

É o terceiro mês consecutivo de queda
Procura das empresas por crédito tem queda de 3,3% em setembro
Saúde

Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação

Crianças de 1 a menos de cinco anos devem ser imunizadas contra a pólio; menores de 15 anos recebem a multivacinação
Termina oficialmente na sexta-feira a campanha vacinação
Geral

CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos

Proposta contempla redução da pena de presos já condenados
CNJ quer estimular leitura e esporte para ressocializar presos
Geral

Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio

Causas do incêndio ainda são desconhecidas
Incêndio atinge Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio
Ver mais de Brasil