Premix Concreto
Inflação

Expectativa de inflação dos consumidores volta a subir

24 Jun 2016 - 12h57
A inflação prevista pelos consumidores brasileiros para os 12 meses seguintes acelerou após cair por três meses seguidos, informou nesta sexta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A expectativa de inflação subiu de 10,3% para 10,5% entre maio e junho.

A pesquisa considera a estimativa dos consumidores para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medida pelo IBGE.

“Essa leve alta (dentro da margem de erro estatístico) de 0,2 p.p. nas expectativas de inflação dos consumidores para os próximos 12 meses pode ser efeito da taxa de 0,78% do IPCA de maio (taxa em 12 meses de 9,32%) e do aumento anormal nos preços dos alimentos in natura", disse em nota o economista Pedro Costa Ferreira, da FGV/IBRE.

"Outro ponto que merece destaque é o aumento de 0,7 p.p. nas previsões de inflação dos consumidores no Rio de Janeiro, que pode estar refletindo uma expectativa de aumento de preços em virtude dos jogos Olímpicos que acontecerão na cidade”, afirma.

 

 

G1

Matérias Relacionadas

Segurança

PRF confirma 10 mortes em acidente com ônibus em Minas Gerais

Segundo a PRF, o ônibus tem placa de Alagoas, mas ainda não se sabe a origem, nem o destino da viagem.
Geral

Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica

Presidente alertou sobre baixo nível de reservatórios
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
Economia

PIB cresce 7,7% do segundo para o terceiro trimestre, diz IBGE

Apesar do crescimento, economia não recuperou perdas da pandemia
Saúde

Câmara aprova MP que destina R$ 1,995 bi para compra de vacina

Texto segue para votação no Senado
Câmara aprova MP que destina R$ 1,995 bi para compra de vacina
Ver mais de Brasil