Imobiliária Coralli
Operação

Ex-secretário de Saúde do Rio é preso em operação da PF

11 Abr 2017 - 11h39
Ex-secretário de Saúde do Rio é preso em operação da PF -
Policiais federais cumprem hoje (11) mandados de prisão preventiva contra o ex-secretário estadual de Saúde do Rio e o ex-diretor do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) Sérgio Côrtes, além de dois empresários. Também estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e três de condução coercitiva.

Os mandados da Operação Fatura Exposta foram concedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Eles são acusados de fraudes em licitações para fornecimento de próteses para o Into e para a Secretaria Estadual de Saúde. Segundo a Polícia Federal, as licitações eram direcionadas para beneficiar empresários investigados em troca do pagamento de propina no valor de 10% dos contratos.

Os presos serão indiciados por corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Côrtes foi diretor do Into de 2002 a 2006, com uma breve atuação como interventor federal na crise da saúde municipal em 2005. Em janeiro de 2007, ele assumiu a Secretaria Estadual de Saúde, onde ficou até 2013.

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Geral

Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces

Os conteúdos são aplicados por confeiteiros e consultores de negócios, de maneira didática, com videoaulas, e-books e certificado de formação
Meu Plano D oferece cursos gratuitos para quem deseja empreender no segmento de doces
Saúde

IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos

Resultados são da Pesquisa Nacional de Saúde 2019
IBGE: obesidade mais do que dobra na população com mais de 20 anos
Política

Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac

A CoronaVac prevê a administração de duas doses por pessoa
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
Saúde

Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac

Ministro da Saúde assina protocolo de intenções para adquirir a vacina
Brasil anuncia que vai comprar 46 milhões de doses da CoronaVac
Ver mais de Brasil