Caraguá
PF

Ex-juiz Rocha Mattos está preso na Polícia Federal

07 Out 2016 - 13h20
O ex-juiz federal João Carlos da Rocha Mattos, condenado a 17 anos de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, está preso desde quarta-feira (5) na sede da Polícia Federal (PF), na Lapa, Zona Oeste de São Paulo. Ele era procurado pela Polícia Federal desde junho, quando o Superior Tribunal de Justiça (STJ) expediu ordem de prisão contra o ex-magistrado.

A informação da prisão do ex-juiz foi confirmada nesta sexta-feira (7)  pela assessoria de imprensa da PF e pela advogada Aline da Rocha Mattos, que disse ser a atual mulher do ex-juiz. Segundo ela, a defesa irá recorrer da decisão que prendeu seu marido.

De acordo com a comunicação da Polícia Federal, o ex-magistrado está preso na PF em São Paulo desde às 17h de quarta-feira. De acordo com a PF, a prisão de Rocha Mattos ocorreu depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) manter entendimento definido pela própria Corte em fevereiro que permitiu a possibilidade de prisão após uma condenação por colegiado de segunda instância.

 

As informações são do

Site G1

Matérias Relacionadas

Saúde

Covi-19: Ministro anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
Covi-19: Ministro anuncia dose de reforço para profissionais de saúde
Geral

Gustavo Bardim participa da final do The Voice Kids neste domingo

Cantor guaramirense precisa do apoio da população, já que, o grande vencedor do reality show será decidido pelo público, através de votação pelo site GShow
Gustavo Bardim participa da final do The Voice Kids neste domingo
Esportes

CBF divulga tabela detalhada das semifinais da Copa do Brasil

Partidas de ida serão no dia 20 de outubro e volta ocorre no dia 27
Política

[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI

Senadores discutiram após relator da CPI afirmar que população tem a percepção de que governo Bolsonaro é corrupto
[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI
Ver mais de Brasil