Imobiliária Coralli
Futebol

Em jogo de pênaltis polêmicos, Inter vence Coritiba e sai da zona do rebaixamento

07 Out 2016 - 15h52
Mais uma vez contando com o apoio da torcida que encheu o Beira-Rio, o time gaúcho contou com mais um gol de Vitinho, autor do tento na vitória contra o Figueirense, para fazer 1 a 0 no Coritiba, na noite desta quinta-feira.

Agora, o Inter soma 33 pontos e pula para 16ª posição, restando a missão de secar o Cruzeiro, que enfrenta a Ponte Preta no sábado, ou o Figueirense, que pega o Botafogo no domingo, para terminar a rodada fora da zona da degola.

Já o Coritiba, com 36 pontos, volta a se aproximar do incômodo Z-4.

QUASE NADA

Os primeiros 45 minutos de jogo não foram de grandes chances. O Coritiba levou perigo ao gol de Danilo Fernandes logo no começo, no chute de longe de Raphael Veiga, e depois nos instantes finais, quando César Benítez fez jogada pela direita e cruzou, mas Iago não conseguiu concluir.

Já o Inter não chegou a assustar Wilson. A melhor oportunidade para os donos da casa foi aos 23, quando a bola foi cruzada da esquerda e Juninho conseguiu chegar antes de Gustavo Ferrareis para impedir a finalização.

Depois do intervalo, o goleiro Danilo Fernandes seria o nome do jogo para o Inter. O time da casa ainda teve sua chance, quando o canhoto Alex arriscou de perna direita, de fora da área. Wilson voou para conseguir desviar com a ponta dos dedos, e a bola ainda bateu na trave direita do gol do Coritiba.

Mas o placar sem gols tinha Danilo Fernandes como responsável. Um pouco antes da chance de Alex, aos nove minutos, Benítez cruzou na cabeça de Iago. No reflexo, o goleiro do Inter fez grande defesa para impedir o primeiro gol do jogo.

Aos 31, um lance polêmico. Leandro recebeu pelo lado esquerdo da área e esticou a bola para a linha de fundo. Ernando tentou o corte com o carrinho, mas o jogador do Coritiba procurou o contato, caiu e a arbitragem marcou o pênalti.

Depois de muita reclamação por parte do Internacional, Danilo Fernandes voltou a ser herói. Juan foi para a cobrança e mandou a bola no canto esquerdo do goleiro, que espalmou para a festa da torcida.

Pênalti polêmico de um lado, pênalti polêmico do outro. Aos 39, a bola foi alçada por Willian na área do Coritiba. Eduardo Henrique subiu sozinho, mas cabeceou para fora. No lance, porém, o árbitro assinalou pênalti de Luccas Claro em Valdívia.

Vitinho, autor do gol da vitória contra o Figueirense, foi para a cobrança. A bola foi no canto direito de Wilson, que escolheu o lado certo, mas não conseguiu chegar na bola.

 

Pela 30ª rodada do Brasileiro, as duas equipes voltarão a jogar na próxima quarta-feira. Às 19h30 (de Brasília), o Coritiba recebe o Figueirense, no Couto Pereira. Mais tarde, às 21h45, o Internacional vai ao Rio de Janeiro para encarar o Botafogo.

 

Matérias Relacionadas

Geral

Evento online mostra que direcionar recursos a projetos sociais locais transforma comunidades

Evento online mostra que direcionar recursos a projetos sociais locais transforma comunidades
Segurança

PRF flagra papagaio silvestre preso em automóvel na BR 101 em Joinville

A ave, da espécie papagaio-verdadeiro, é nativa da fauna brasileira e protegida por lei
PRF flagra papagaio silvestre preso em automóvel na BR 101 em Joinville
Economia

Guedes prevê queda de 4% na economia este ano

Para o ministro, a atividade econômica está em recuperação no país
Guedes prevê queda de 4% na economia este ano
Esportes

Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila

Na última semana, times confirmaram a boa fase, outros tropeçaram, alguns conseguiram se recuperar e há ainda quem, mesmo que a matemática não indique, poderá se classificar.
Liga Nacional de Futsal: Fase de grupos se afunila
Ver mais de Brasil