Séculus
Governo Dilma Rousseff

Dilma sofre novo recorde de rejeição popular: 70% avaliam governo como ruim ou péssimo

16 Dez 2015 - 13h24
Dilma sofre novo recorde de rejeição popular: 70% avaliam governo como ruim ou péssimo -

Em meio a um processo de impeachment, a petista amargou nova queda na aprovação de sua gestão: apenas 9% das pessoas consideram o governo ótimo ou bom, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira (15).


A administração é avaliada como ruim ou péssima por 70% dos entrevistados, o pior índice desde que a petista chegou à Presidência. A última pesquisa, divulgada em setembro, apontava que 10% dos eleitores aprovavam o governo; 69% dos entrevistados avaliavam a administração Dilma como “ruim” ou “péssima”; e 21% consideravam a gestão “regular”.

O deputado Marcus Pestana (MG) acredita que o resultado não poderia ser diferente, já que a crise econômica tem se aprofundado e o partido da presidente vem perdendo apoio na base aliada no Congresso. “A economia está derretendo. O resultado demonstra que o governo Dilma não tem mais capacidade de liderar o país”, disse.

Para o tucano, a sociedade está sentindo na pele os efeitos da crise, especialmente o desemprego. O país já tem 9 milhões de desempregados e o número pode chegar a 11 milhões no fim de 2016. Crescimento negativo da economia e inflação fora de controle agravam o quadro. “A dona de casa sente no bolso e reage. Há uma crise terminal do governo Dilma. Esse ciclo do PT não produz mais nenhum fruto para o país, está na hora de mudança”, alertou.

O 1º vice-líder do PSDB na Câmara, deputado Nilson Leitão (MT), avalia que Dilma não tomou nenhuma ação propositiva para o Brasil desde o início do processo de impeachment. A petita ficou mais preocupada em se defender do que em trabalhar a favor do país, lamenta o tucano. “O brasileiro cada dia amanhece com mais problemas por culpa do governo. A tendência é a aprovação cair cada vez mais. O povo não suporta mais esse governo. Ela é o grande mal que prejudica o país”, completou.


A alta rejeição ao governo identificada na pesquisa se repete em diversas áreas de atuação da gestão petista. O trabalho pela redução do desemprego foi reprovado por 87% dos entrevistados. Já o combate à inflação é desaprovado por 85% das pessoas. A rejeição é vista em todos os setores: saúde (85%), segurança pública (85%), impostos (91%), educação (76%) e taxa de juros (91%) (confira abaixo).


Fonte: PSDB na Câmara

GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Câmara aprova valor fixo para cobrança do ICMS para combustíveis

Texto segue para o Senado
Câmara aprova valor fixo para cobrança do ICMS para combustíveis
Saúde

Pandemia derrubou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020

Cerca de 3,7 milhões de atendimentos deixaram de ser feitos
Pandemia derrubou em 35% número de consultas oftalmológicas em 2020
Economia

Mega-Sena sorteia nesta quarta prêmio acumulado em R$ 6,5 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília
Mega-Sena sorteia nesta quarta prêmio acumulado em R$ 6,5 milhões
Geral

Futuro da energia: economizar é fundamental

Ações para redução de consumo vão de consumidores a usinas
Futuro da energia: economizar é fundamental
Ver mais de Brasil