Energia elétrica

Demanda por energia no país cai 0,9% em doze meses

11 Jul 2016 - 13h18
A carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) caiu 0,9% no acumulado dos últimos 12 meses, tendo como referência o mês de junho. A informação foi divulgada, no Boletim de Carga Mensal, do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Porém, tomando-se apenas a demanda por energia no mês de junho, comparado a igual período de 2015, houve um aumento de 1,8%. Mesmo no valor ajustado, em que se excluem os efeitos de fatores fortuitos e não econômicos sobre a carga, como a variação de temperatura diferente da esperada ou o maior número de dias úteis, houve crescimento na carga na comparação entre junho deste ano contra junho do ano passado, com avanço de 1,6% no país.

Entre os fatores que influenciam maior consumo por energia nesta época do ano está o uso intenso de aparelhos de aquecimento, principalmente na região Sul. O mesmo acontece nos meses quentes de verão, quando o calor extremo obriga o uso de aparelhos de ar-condicionado.

As informações completas podem ser acessadas na página do ONS na internet.

 

 

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Brasil

Planta unha-de-gato pode combater tumores, descobrem cientistas brasileiros

A planta está na lista medicinal do SUS há mais de 10 anos
Planta unha-de-gato pode combater tumores, descobrem cientistas brasileiros
Educação

Carregador de celular com energia solar é criado por alunos de 13 anos

Bruno Henrique Muniz Meira e Gabriel Guimarães Prates, ambos com 13 anos, estudam no 8º ano da Escola Estadual João Arruda Brasil
Carregador de celular com energia solar é criado por alunos de 13 anos
Geral

Brasileira selecionada para missão espacial poderá ser 1ª astronauta do país

Dos seis jovens escolhidos, entre profissionais de várias nacionalidades, cinco são mulheres
Brasileira selecionada para missão espacial poderá ser 1ª astronauta do país
Economia

Reforma tributária elevará PIB do país

Os economistas Bernard Appy e Paulo Rabello de Castro apresentaram propostas de reforma tributária, defenderam a simplificação do sistema atual e destacaram que a reforma vai elevar o Produto Interno Bruto (PIB) do país.
Reforma tributária elevará PIB do país
Ver mais de Brasil