FGTS

Congresso promulga lei que libera uso do saldo do FGTS para consignado

15 Jul 2016 - 11h30
O Congresso Nacional promulgou a lei que permite que o trabalhador do setor privado ofereça até 10% do saldo de seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia em um empréstimo consignado – com desconto na folha de pagamento. A lei é originada de uma medida provisória editada ainda no governo da presidente afastada Dilma Rousseff. A promulgação foi publicada nesta sexta-feira (15) no "Diário Oficial da União".

A lei, que já tinha passado pela Câmara, foi aprovada nesta semana no Senado. Como foi editada pelo Executivo, não precisa ser sancionada pelo presidente em exercício Michel Temer.

Pelo texto, o empregado também poderá dar como garantia nas operações até 100% do valor da multa paga pelo empregador, em caso de demissão sem justa causa.

A finalidade da medida é facilitar o acesso ao crédito consignado pelo trabalhador privado.

Essa modalidade de empréstimo, com desconto na folha de pagamento, é mais facilmente concedida, e a juros mais módicos, a funcionários públicos, por terem estabilidade no emprego.

Na ocasião em que foi editada a MP, em março, o Ministério da Fazenda estimou a possibilidade de a MP viabilizar reduções nas taxas de juros cobradas de trabalhadores privados na tomada dos financiamentos.

 

 

 

Fonte - G1 Economia

Matérias Relacionadas

Economia

Indústria de alimentos e bebidas faturou R$ 699,9 bi em 2019

A quantia representa 9,7% do Produto Interno Bruto
Indústria de alimentos e bebidas faturou R$ 699,9 bi em 2019
Economia

Consumo das Famílias ficou em 89,4 pontos em fevereiro

Este dado significa alta de 6,4 pontos em relação ao mês anterior
Educação

Projeto seleciona experimentos que serão levados ao espaço

Projeto Kurumim 2020, ligado à USP, está com inscrições abertas
Projeto seleciona experimentos que serão levados ao espaço
Economia

Bancos terão que fazer transferências em 10 segundos

Atualmente, o Pix está em fase de testes
Bancos terão que fazer transferências em 10 segundos
Ver mais de Brasil