Imobiliária Coralli
Comissão

Comissão de Ética Pública abre processo contra ministro Geddel Vieira Lima

22 Nov 2016 - 10h13
De acordo com o porta voz, o presidente Michel Temer salientou que todas as decisões sob responsabilidade do Ministério da Cultura são e serão encaminhadas e tratadas estritamente por critérios técnicos.

Enquanto isso, no Anexo I do Planalto, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República aprovou por unanimidade a abertura do processo ético contra Geddel, em relação às denúncias feitas pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero.

Calero disse em entrevista ao jornal Folha de São Paulo que deixou o cargo porque estava sofrendo pressão de Geddel para obter liberação de um empreendimento imobiliário embargado pelo Iphan - Instituto  do Patrimonio Histórico e Artístico Nacional.

O presidente da Comissão de Ética, Mauro Menezes, contou que o conselheiro José Saraiva, que havia pedido para analisar o processo com calma, mudou de ideia e passou a acatar a abertura imediata.

Após ser notificado pela comissão, o ministro Geddel terá dez dias para apresentar defesa. O presidente da Comissão revelou ainda que Geddel fez contato telefônico com ele durante a tarde, e se mostrou disposto a prestar todos os esclarecimentos necessários.  As informações são da Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses

No comparativo anual, a queda foi de 15,1%
Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após 6 meses
Política

Bolsonaro faz mudança em cargos do gabinete pessoal e Secretaria-Geral

Decretos foram publicados hoje no Diário Oficial
Bolsonaro faz mudança em cargos do gabinete pessoal e Secretaria-Geral
Economia

BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro

Bancos, financeiras, fintechs poderão oferecer novo sistema
BC aprova 762 instituições para ofertar o Pix a partir de novembro
Economia

Caixa libera saques do auxílio para 3,8 milhões de beneficiários

Também foi liberada parcela para beneficiários do Bolsa Família
Caixa libera saques do auxílio para 3,8 milhões de beneficiários
Ver mais de Brasil