Imobiliária Coralli
Olimpíada

Brasileiros estreiam bem e vão às quartas de final no taekwondo

17 Ago 2016 - 15h02
"Fiquei nervosa depois de começar ganhando. Isso sempre acontece comigo de começar ganhando e levar sufoco no fim. Tenho certeza que vou levar esporro do meu técnico", revelou a atleta após garantir a classificação.

Iris Sing entrou para o duelo como favorita a avançar de fase. 14ª colocada no ranking da Federação Internacional de Taekwondo, a atleta estreou na competição contra a 117ª colocada. No entanto, a brasileira não teve vida fácil. No primeiro round, a brasileira teve dificuldade para conectar golpes na rival e venceu por 2 a 1.

Já no segundo round, Iris voltou com melhor controle da distância e conectou dois golpes logo no início. Outros chute bem conectados ampliaram a vantagem da brasileira, que venceu o segundo round por 6 a 1.

No último round, Andrea tentou adotar postura mais agressiva para diminuir a vantagem da brasileira. A neozelandesa conectou um bom golpe no início e diminuiu a vantagem de Iris para quatro pontos. Em troca franca de golpes, Andrea conectou bons golpes, mas um contragolpe de Iris fez o placar terminar em 7 a 5 para a brasileira.

A representante brasileira na divisão aguarda até às 15h00 desta quarta, quando disputará as quartas de final.

"Agora vou pra Vila (Olímpica), fazer banheira de gelo, fisioterapia e depois voltar para lutar de tarde", salientou Iris.

Venilton Teixeira estreia com vitória contra israelense

O brasileiro Venilton Teixeira foi outro brasileiro a estrear na modalidade nesta quarta-feira. O atleta, que compete na categoria até 58 quilos, enfrentou o israelense Ron Atias e também garantiu vaga nas quartas de final ao derrotar o adversário por superioridade técnica: 16 a 2.

No primeiro round, o brasileiro dominou o centro do ringue e tomou a iniciativa do combate. Com bons golpes, o brasileiro abriu três pontos de vantagem e terminou o período vencendo por 3 a 0.

No segundo round, Venilton aplicou belo chute em Atias e ganhou cinco pontos. Insatisfeito com a decisão do árbitro, o técnico israelense pediu a revisão da pontuação. Após a análise, um ponto foi retirado do brasileiro, que continuou com ampla vantagem sobre Atias.

Com novo chute, Venilton somou mais três pontos e ampliou a vantagem para 10 a 1. Em troca franca de golpes, novo golpe conectado pelo brasileiro decretou a sua vitória por 16 a 2, já que ele obteve vantagem maior que 12 pontos.

Agora, o brasileiro, que é medalha de bronze no campeonato mundial da modalidade, mas na divisão até 54 quilos, descansa até às 15h15, quando voltará ao ringue para enfrentar o mexicano Ruben Navarro, que derrotou o libanês Yousef Shriha.

Fonte: UOL.

Matérias Relacionadas

Eleições 2020

STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

Obrigatoriedade foi estabelecida na minirreforma eleitoral
STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
Eleições 2020

Saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos

Ao votar em branco, eleitor não manifesta preferência
Saiba a diferença e os efeitos de votos brancos e nulos
Economia

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 29 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h, no horário de Brasília
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 29 milhões
Economia

Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Hoje é dia de pagamento para quem tem NIS final 2
Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família
Ver mais de Brasil