Caraguá
Olimpíada

Brasil bate mais um favorito e se aproxima de vaga inédita no handebol

11 Ago 2016 - 22h47
Com o triunfo conquistado na estreia sobre outra favorita, a Polônia, o Brasil tem agora quatro pontos (duas vitórias e uma derrota) e uma situação muito confortável no Grupo B. O time fecha sua participação na primeira fase contra Egito (sábado, 13) e Suécia (segunda-feira, 15).

O handebol masculino do Brasil tenta pela primeira vez na história chegar às quartas de final em uma Olimpíada. Quatro das seis seleções do grupo se classificam.

Brasil começa bem e vence o primeiro tempo


A seleção brasileira começou a partida muito bem, principalmente na defesa. A Alemanha encontrou dificuldades para chegar ao gol e chegou a se irritar com marcações da arbitragem.

Com um tiro de 7 metros do capitão Fábio Chiuffa, o Brasil chegou a abrir três gols de vantagem. Os alemães viraram o jogo após uma sequência ruim da seleção no meio do período, mas os brasileiros recuperaram a frente nos minutos finais, com um gol sem goleiro.

A Alemanha quase sempre atacou com goleiro-linha, tendo vantagem numérica de sete contra seis, mas deixando o próprio gol desprotegido. O Brasil aproveitou para ganhar o primeiro tempo por 17 a 16.

Goleiros brilham e ajudam Brasil a vencer


O início de segundo tempo do Brasil foi impaciente. A seleção perdeu posses de bola consecutivas e encontrou dificuldades para furar a defesa rival. Em três erros de ataque, foram três gols dos alemães, que viraram para 21 a 19.

Demorou, mas a seleção entrou no jogo e foi buscar mais uma virada. Quando Gensheimer recebeu cartão vermelho por, na visão da arbitragem, atingir intencionalmente a cabeça do goleiro reserva Bombom em um tiro de 7 metros, o Brasil aproveitou a vantagem numérica e passou à frente com mais um de Chiuffa, artilheiro do jogo com oito gols.

No final, defesas consecutivas do goleiro Maik ajudaram a seleção a segurar a vantagem e conseguir uma vitória histórica na Arena do Futuro, que mais uma vez esteve lotada para apoiar o Brasil.

Matérias Relacionadas

Geral

Evento online quer potencializar recursos de incentivos fiscais a projetos sociais em SC

O tema será abordado pelo assessor de Responsabilidade Social da FIESC, Sandro Volpato Faria, e pela líder do programa Fundo Social, Andressa Mongruel Martins Vicenzi
Saúde

Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes

Sociedade Brasileira de Imunizações também defende vacinação
Conselhos de secretários de Saúde defendem vacinação de adolescentes
Economia

Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança

Banco reduziu parte fixa da parcela de 3,35% para 2,95% ao ano
Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança
Saúde

Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes

Ministério da Saúde suspendeu orientação para a vacinação
Anvisa não recomenda mudar orientação sobre vacinação de adolescentes
Ver mais de Brasil