Eleições 2020
Inflação

BC vê alta da inflação neste ano e destaca importância do ajuste fiscal

06 Set 2016 - 12h43
O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central avaliou nesta terça-feira (6), por meio da ata de sua última reunião, que manteve os juros estáveis em 14,25% ao ano na semana passada, que a inflação registrou resultados acima do esperado no curto prazo (últimos meses) e acrescentou que as estimativas para 2017 recuaram, mas em "velocidade aquém da perseguida".

 

Previsões para a inflação e persistência
Por meio da ata do Copom, o BC informou que sua projeção de inflação, para este ano, avançou de 6,75% para 7,3% - acima do teto de 6,5% vigente para este ano. Se confirmado, será o segundo ano seguido de estouro da meta de inflação.

Para 2017, acrescentou a autoridade monetária, sua previsão, no cenário de referência (juros e câmbio estáveis) já aponta para a meta central de 4,5%, mas considerando a estimativa dos analistas do mercado financeiro para juros e câmbio, ainda está em 5,1% - com queda de 0,2 ponto percentual em relação ao último Copom.

 

Ajuste fiscal
Na ata do Copom, o Banco Central novamente destacou a importância de levar adiante o ajuste fiscal. Para melhorar as contas públicas, a equipe econômica propõe um teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos, englobando Saúde e Educação, além de uma reforma da Previdência Social, com a instituição de uma idade mínima para homens e mulheres de 65 anos. Esses são os dois pilares do ajuste das contas públicas.

 

As informações são do Site G1

Matérias Relacionadas

Eleições 2020

Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes

Levantamento da CNM aponta que são 473; em 2018 eram 308
Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes
Eleições 2020

Tire suas dúvidas sobre as eleições municipais

Na microrregião, mais de 181,9 mil eleitores devem ir urnas neste ano.
Tire suas dúvidas sobre as eleições municipais
Economia

Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis

Decisão saiu no Diário Oficial de hoje
Confaz divulga nova tabela de preços médios de combustíveis
Economia

Confiança do comércio recua 3,8 pontos em outubro, diz FGV

Indicador passou para 95,8 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos
Confiança do comércio recua 3,8 pontos em outubro, diz FGV
Ver mais de Brasil