Caraguá
Greve

Bancários de cidades de Santa Catarina encerram greve

07 Out 2016 - 11h08
Os bancários em greve em Santa Catarina decidiram na tarde desta quinta-feira (6) encerrar a paralisação.

A proposta aceita tem dois blocos: um é de aumento de 8%, R$ 3,5 mil de abono, 10% de aumento no vale alimentação e 15% na cesta alimentação. O segundo bloco é o acordo coletivo de trabalho por dois anos, que antes era anual, e em 2017, reajuste pela variação do INPC e mais 1% de aumento real.

A greve dos bancários completou quatro semanas no país na terça-feira (4). Em Santa Catarina, as maiores adesões foram na Grande Florianópolis, onde 2 mil estão em greve, e na região Norte, com 800 adesões. A greve nacional começou em 6 de setembro.

Na quarta-feira (28), os bancários se reuniram com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), mas o encontro terminou sem acordo, e os grevistas decidiram manter a paralisação.

A greve foi mais longa do que a realizada pelos bancários no ano passado, que durou 21 dias. Segundo a Contraf-CUT, a greve mais longa da categoria na história foi em 1951 e durou 69 dias. Nos últimos anos, a mais longa foi a de 2004, com 30 dias.

 

As informações são do

Site G1

Matérias Relacionadas

Saúde

Covi-19: Ministro anuncia dose de reforço para profissionais de saúde

Aplicação extra ocorrerá a partir de seis meses da imunização completa
Covi-19: Ministro anuncia dose de reforço para profissionais de saúde
Geral

Gustavo Bardim participa da final do The Voice Kids neste domingo

Cantor guaramirense precisa do apoio da população, já que, o grande vencedor do reality show será decidido pelo público, através de votação pelo site GShow
Gustavo Bardim participa da final do The Voice Kids neste domingo
Esportes

CBF divulga tabela detalhada das semifinais da Copa do Brasil

Partidas de ida serão no dia 20 de outubro e volta ocorre no dia 27
Política

[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI

Senadores discutiram após relator da CPI afirmar que população tem a percepção de que governo Bolsonaro é corrupto
[Vídeo] Renan Calheiros e Jorginho Mello batem boca e trocam xingamentos na CPI
Ver mais de Brasil