Delivery Much
Museu

Reforma do Museu Histórico Emílio da Silva será feita em 150 dias

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli, juntamente com a secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry, assinaram a ordem de serviço para dar início das obras de reforma

08 Mai 2019 - 15h57Por Sérgio Luiz
Reforma do Museu Histórico Emílio da Silva será feita em 150 dias - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Infiltrações, vazamentos, fiação elétrica danificada e uma série de outros problemas estruturais. O museu Emílio da Silva, que através do acervo composto por centenas de peças, ajuda contar parte da história de Jaraguá do Sul, sofre com a ação do tempo. Construído na década de 1940, o imóvel – tombado como patrimônio histórico -, já foi sede da Prefeitura, do Fórum da Comarca e da Câmara de Vereadores. E desde a inauguração do espaço público, em 19 de novembro de 2001, até novembro de 2018, o museu recebeu 232.440 visitantes. Somente em 2018, foram 8.402. Em abril deste ano foram 710 visitantes. E segundo a diretora do museu, Ivana Cavalcanti, boa parte do público é de crianças “que acabam trazendo os pais, e isso é muito gratificante”, disse.

Em quase 80 anos de existência, pela primeira vez o museu passará por uma restauração completa. Nesta terça-feira (7), o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli, juntamente com a secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry, assinaram a ordem de serviço autorizando a empresa Cúbica Construções Ltda a dar início as obras de reforma.

A obra contempla reforma de telhado e pintura interna e externa, mantendo-se as características originas do prédio. O edital da Tomada de Preços previa um valor máximo de R$ 430.181,16, dos quais, R$ 349.218,99 oriundos do Fundo Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Cultural, Arqueológico, Artístico e Natural (Fumphaan) e outros R$ 80.962,17 de recursos da prefeitura. No entanto, a empresa vencedora do certame apresentou proposta de R$ 196.076,04 referentes à mão de obra e R$ 233.128,49 referentes aos materiais, totalizando R$ 429.204,53. O prazo para execução da obra é de 150 dias consecutivos, a contar do primeiro dia útil após o recebimento da ordem de serviço.

Lunelli destacou que além da reforma do museu, a Praça Ângelo Piazera também passará por uma revitalização.

Para a secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry, trata-se de uma obra necessária e urgente, pois o prédio apresenta infiltrações pelo telhado, colocando em risco todo o acervo histórico que está exposto.

O presidente da Associação dos Amigos do Museu Emílio da Silva, Sérgio Luis Pedrotti, destaca a importância da obra que vai trazer segurança para quem frequenta aquele ambiente. E se trata também de respeito à história da cidade.

O representante da empresa jaraguaense Cúbica, que fará a restauração do museu, Rogério Silvano André, destaca que por se tratar de um imóvel tombado como patrimônio histórico, é necessário seguir critérios técnicos bem específicos. E que nesse tipo de construção, a cobertura é um dos itens que mais complexos.

Mesmo com as obras de restauro, o espaço museológico continuará atendendo normalmente, nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13 às 17 horas. Aos sábados, das 9 às 12 horas.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Corupá confirma sexta morte por Coronavírus

A prefeitura lembra que as medidas de prevenção ao Coronavírus devem ser reforçadas por todos os moradores.
Variedades

Prestação de contas amplia chances de captação de recursos para projetos sociais

Lives do Fundo Social podem ser conferidas no canal do SESI/SC no YouTube
Prestação de contas amplia chances de captação de recursos para projetos sociais
Variedades

Fundo Social aborda nesta terça (27) Lei de Incentivo ao Esporte

Mundo

Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição

Além de fazer imagens, a missão pretende coletar areia obtida em solo
Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição
Ver mais de Variedades