VARIEDADES

'Nenhuma pessoa pode ser privada de trabalhar', diz Júlia Almeida sobre epilepsia

27 Mar 2019 - 11h16

Filha do renomado autor de novelas Manoel Carlos, Júlia Almeida usou as redes sociais nesta terça-feira, 26, para falar sobre seu diagnóstico de epilepsia. Apesar de ter conhecimento da situação de saúde há nove anos, a atriz decidiu tornar o problema público apenas em 2018.

"Hoje (ontem, terça-feira), 26 de março, é o Purple Day, Dia Mundial da Conscientização da Epilepsia. Três fatos importantes: o cérebro de uma pessoa com epilepsia gasta cinco vezes mais energia para lidar com qualquer tarefa simples da vida do que o de uma pessoa que não tem esta condição. Epilepsia também é conhecida como 'a condição escondida' pelo fato de muitas vezes não ser aparente", explicou Júlia Almeida na legenda de uma caricatura de um cérebro sendo "costurado", como se fosse uma peça de tricô.

Em 2012, Júlia Almeida participou da novela A Vida da Gente, mas só conseguiu retomar o trabalho como atriz em 2017, em Tempo de Amar. "Nenhuma pessoa com a condição (epilepsia) pode ser privada do direito de trabalhar e viver uma vida completa. Feliz Purple Day para todos os guerreiros nessa luta diária", escreveu no perfil no Instagram. A atriz se casou em 2014 com Sebastian Bailey e vive atualmente nos Estados Unidos.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Saúde

Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 

Ao todo, já são 272 óbitos pela doença no município.
Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 
Geral

32ª edição Schützenfest é adiada para 2022

De acordo com o presidente da CCO, Alcides Pavanello, a decisão se deve às incertezas quanto aos prazos de imunização contra a covid-19 de toda a população
32ª edição Schützenfest é adiada para 2022
Saúde

Jaraguá libera vacinação contra a covid-19 para idosos com 73 anos ou mais

Imunização ocorre no Parque Municipal de Eventos
Jaraguá libera vacinação contra a covid-19 para idosos com 73 anos ou mais
Ver mais de Variedades