VARIEDADES

Monobloco fecha com paz o último dia de Carnaval no Rio

10 Mar 2019 - 16h15Por Denise Luna

Último megabloco a desfilar no pós-Carnaval 2019, o tradicional Monobloco, que sai há 19 anos pelas ruas do Rio, deu uma aula de harmonia na música e no comportamento, fazendo das três horas de desfile uma consagração da tolerância religiosa e de gênero, sem tumultos ou brigas, apenas registrando pequenos furtos.

O bloco desfilou no mesmo local do Bloco da cantora Ludmilla, que na terça-feira de Carnaval foi alvo de uma grande confusão causada pela polícia, que atirou bombas de efeito moral para dispersar a multidão e acabou causando ferimentos em mais de 200 pessoas no tumulto.

Este ano, o bloco comandado pelo cantor Pedro Luís (ex-Pedro Luís e a Parede) fez homenagem dirigida às mulheres da Música Popular Brasileira, com a apresentação do repertório de cantoras como Cássia Eller, Elza Soares, Fernanda Abreu, entre outras.

Também teve espaço para Pedro Luís evocar "Os Orixás", além de homenagear a campeã do Carnaval 2019, Mangueira, que também homenageou mulheres como a vereadora Marielle Franco, assassinada há quase um ano e cujo crime ainda não foi desvendado.

Conhecido pelo bom humor nas críticas políticas, não faltou a lembrança a uma das últimas polêmicas do presidente Jair Bolsonaro, com algumas cuícas da bateria decoradas com chuveiros dourados, em referência ao questionamento de Bolsonaro sobre o que era "Golden shower" no Twitter, que ganhou dimensão internacional.

O Monobloco levou menos foliões para a rua do que os megablocos das cantoras Ludmilla (1 milhão) e Anitta (400 mil), mas, mesmo assim lotaram o Centro do Rio e mobilizaram um efetivo de 700 policiais para manter a ordem. Nenhum registro de violência grave foi feito, segundo a Polícia Militar. Outros cerca de 20 blocos menores saem hoje no Rio, encerrando de vez o Carnaval, como o Boêmios da Lapa (Centro) e o Fofoqueiros de Plantão (Jardim Botânico).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 

Ao todo, já são 272 óbitos pela doença no município.
Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 
Geral

32ª edição Schützenfest é adiada para 2022

De acordo com o presidente da CCO, Alcides Pavanello, a decisão se deve às incertezas quanto aos prazos de imunização contra a covid-19 de toda a população
32ª edição Schützenfest é adiada para 2022
Saúde

Jaraguá libera vacinação contra a covid-19 para idosos com 73 anos ou mais

Imunização ocorre no Parque Municipal de Eventos
Jaraguá libera vacinação contra a covid-19 para idosos com 73 anos ou mais
Variedades

Prefeitura de Jaraguá do Sul apoia ações para incentivar o turismo na região de Nereu Ramos

Além da Prefeitura, o Instituto Padre Aloísio Boeing, o Convention & Visitors Bureau e o Sebrae fazem parte do grupo
Prefeitura de Jaraguá do Sul apoia ações para incentivar o turismo na região de Nereu Ramos
Ver mais de Variedades