Variedades

Instituto e Secel divulgam lista dos candidatos para premiação do Festival de Cinema

Os premiados serão conhecidos no dia 27, pela internet, em horário a ser definido

10 Jun 2020 - 15h45Por Da Redação
Instituto e Secel divulgam lista dos candidatos para premiação do Festival de Cinema - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

O Instituto Fescine e a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), responsáveis pela realização da terceira edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul, que ocorre nos dias 25, 26 e 27 de junho, divulgou lista dos candidatos para premiação em diversas categorias. A seleção ocorreu com a ajuda dos seguintes jurados: Guilherme Fernandes, ator, produtor e diretor, Jaraguá do Sul; Jo Rauen, cineasta e produtor, Florianópolis; Müller Barone, diretor e roteirista, Curitiba  (SC) e Caio Rubini, publicitário e diretor, São Paulo (SP). Há, sempre, quatro candidatos à premiação com troféu em 20 categorias. Os premiados serão conhecidos no dia 27, pela internet, em horário a ser definido.

 MELHOR FILME (por gênero)

Animação 
Curta-metragem: Apneia ( PR);
Curta-metragem: Contra Filé (RJ);
Curta-metragem: Sangro (SP);
Curta-metragem: O Celaticomus (MG).

Comédia 
Curta-metragem: Paraíso Insólito (RJ);
Curta-metragem: Homem do Saco Parte 1|A Investigação (SC);
Curta-metragem:  Minha Querida Ansiedade (SP);
Longa-metragem: Uma Carta Para Ferdinand (SC). 

 Experimental
Curta-metragem: O amor romântico foi destilado em algoritmos (SP);
Curta-metragem: Ser ou não ser (SP);
Longa-metragem: Aos pedaços (RJ);
 Meia-metragem: Rito do Amor Selvagem (SP).

Videoclipe 
Plural (PR);
Armas que matam (SP);
Origem (RN);
Quando o coração parte mais alto (AP).

Drama
Longa-metragem: Selvagem (SP);
Curta-metragem: Escolhas (RJ);
Curta-metragem: Duas vezes depois de Maíra (SC);
Curta-metragem: Marco (CE).

 Ficção 
Longa-metragem: Pureza (DF);
Curta-metragem: Eu sou o Super Homem (SP)
Curta-metragem: Corpos Vermelhos (SP);
Curta-metragem: Sintonia (MG). 

Documentário 
Curta-metragem: Homens Invisíveis (RJ);
Longa-metragem: as mulheres-espírito (MG)
Longa-metragem: Soldados de Borracha (RJ);
Longa-metragem: Bando (BA).

Suspense/Terror 
Meia-metragem: O fim da tempestade (SC);
Curta-metragem: Toda sombra parece viva (BA);
Curta-metragem: Delphine (RJ) 4;
Curta-metragem: Bloddy Boomerang (SP).

MELHOR FORMATO (Competição entre todos os gêneros) 

Melhor longa-metragem 
Aos Pedaços (RJ);
Pureza (DF);
Selvagem (SP);
 New Life S.A. (DF). 

Melhor Meia-metragem 
Três acordes (MG);
Bia Lessa (RJ);
Rito de amor selvagem (SP);
O que eu sou afinal? – (PE). 

Melhor Curta-metragem
Um conto de Reis (GO);
Eu sou o super homem (SP);
Escolhas (RJ);
Paraíso Insólito (RJ).

MELHOR CATEGORIA (longa, média ou curta) 

Melhor Atriz 
Curta-metragem: Escolhas – (RJ) - Carolina Kasting;
Curta-metragem: Delphine – (RJ) - Louise Clós;
Longa-metragem: Pureza – (DF) - Dira Paes;
Curta-metragem: Modelo Vivo, Modelo Morto – (SP) - Leona Jhovs.

Melhor Ator
Curta-metragem: Delphine – (RJ) - André Ramiro;
Curta-metragem: Riscados pela memória – (DF) - Antonio Pitanga;
Curta-metragem: O Embrolho – (GO) - Tonico Pereira;
Curta-metragem: Aperto – (SP) - Milton Gonçalves.

Melhor Direção 
Longa-metragem: Pureza – (DF) - Renato Barbieri;
Curta-metragem: A Mão do morto – (RJ) - Márcio Venturi;
Curta-metragem: Eu sou Super Homem – (SP) - Rodrigo Batista;
Longa-metragem: Selvagem – (SP) - Diego da Costa. 

Melhor Direção de Fotografia 
Longa-metragem: Pureza – (DF) - Felipe Reinheimer;
Curta-metragem: Duas vezes depois de Maíra – (SC) - Alexandre Fachini;
Curta-metragem: Escolhas – (RJ) - Kennel Rógis;
Curta-metragem: Aperto – (SP) - Fábio Róger.

Melhor Direção de Arte
Meia-metragem: O fim da tempestade (SC) - Monique Buendgens;
Curta-metragem: Conto de Réis (GO) - Débora Correa;
Longa-metragem: New Life S.A. (DF) - Maíra Carvalho;
Longa-metragem: Pureza (DF) - Zé Luca.

Melhor Roteiro
Curta-metragem: Eu sou o Super-Homem  (SP) - Rodrigo Batista; 
Curta-metragem: O Véu de Amani  (DF) - Renata Diniz;
Curta-metragem: Paraíso Insólito  (RJ) - Breno A. Guimarães;
Longa-metragem: Aos Pedaços  (RJ) - Ruy Guerra/Luciana Mazzotti.

Montagem 
Curta-metragem: Sangro  (SP) - Fernando Recchia/Juliana Lopes/Caio Gox;
Curta-metragem: Sintonia (MG) - Matheus Torres;
Curta-metragem: Entre Silêncios (RS) - Gabriel Russo;
Curta-metragem: A mão do morto (RJ) - Bruno Lima.

 Melhor Figurino
Longa-metragem: Pureza  (DF) - Inês Salgado;
Curta-metragem: Escolhas  (RJ) - Natália Zincone;
Longa-metragem: Selvagem  (SP) - Camila Pizziolo;
Curta-metragem: Conto de Réis (GO) - Paula Mauri. 

Melhor trilha
Curta-metragem: Doppio (PA) - João Franklin;
Longa-metragem: Aos Pedaços (RJ) - Fracktura;.
Curta-metragem: Marco (CE) - Banda Líbanos;
Curta-metragem: Sintonia (MG) - Rec Studio.

CAIO RUBINI
Nascido em Jaraguá do Sul, é formado em Publicidade e Propaganda, em Curitiba. Em São Paulo, é conhecido como diretor de filmes com perfil humorístico. Recebeu mais de 40 troféus entre os maiores festivais de criatividade do mundo: Clio, Cannes, One Show, LIA e El Ojo, além do primeiro Lápis Branco brasileiro no D&AD. No Brasil, foi premiado com o Green Wave - Grand Prix do Wave Festival, além do Profissionais do Ano da Rede Globo e dois Grand Prix no Colunistas Brasil. 

Mais informações em http://www.caiorubini.com

GUILHERME FERNANDES 
Guilherme Fernandes é ator e pesquisador das artes cênicas. Formado em interpretação no ano de 2006 pela Studio Escola de Atores de Santa Catarina, iniciou seu trabalho com teatro amador na cidade em que nasceu, Jaraguá do Sul (SC). Trabalha como ator há quinze anos, e desde 2009, tem registro de ator no SATED – Sindicato dos Artistas e Técnicos de Diversões do Paraná. Formado em Produção Audiovisual pela Univali de Itajaí, atua no mercado como diretor, roteirista e preparador de elenco. Alguns trabalhos: 2015 - Diretor do Curta Metragem "Zero", texto de Paulo Leminski, adaptação e direção Guilherme Fernandes. 2015 - Diretor do Videoclipe "Stay Away From Fire - Elvyra", roteiro e direção Guilherme Fernandes. 2015 - Ator do espetáculo "Coquetel Overdose - Monólogo', texto de Charles Buckowski, adaptação e direção Edson Bueno; vencedor na categoria melhor ator no prêmio Gralha Azul 2013. 
 
SILVIANI IWERSON BARONE
Roteirista e produtor formado em direito pela Faculdade de Direito de Curitiba – 1981/1985 – Atuou como advogado na área cível de 1986 a 2011. Ex-membro da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais, foi ator na peça “O Homem do Princípio ao Fim”, no Grupo de Teatro da Faculdade de Direito de Curitiba, em 1981. Ganhador do  Concurso de Poesias da Faculdade de Direito de Curitiba, em 1984 e em 1985 e criador e mantenedor do site literário Palanque Marginal (criado em 2001, extinto em 2012). Autor de vários livros, foi diretor e assistente de produção Projeto Clone – 2011 – Centro Europeu. Participou da seleção oficial do Polimedfest II Festival Internacional de Cortos y de I Fotografia – Caceres/Espanha e do Festival Internacional De Cinema e Saúde Mental de Faro, Portugal, em 2016. Participou do. Festival de Derechos Humanos – Espanha, em 2017 e também de eventos na Bolívia, Argentina, Alemanha, Estados Unidos e México.

JO RAUEN 
Produtor e cineasta) produtor e cineasta é portador do visto O-1 para Indivíduos com Habilidades Extraordinárias por trabalhos realizados na indústria cinematográfica. Entre as experiências como professor-assistente constam o New York Film Academy New York, 2019; como diretor de conteúdo,  Island Bridge Productions, New York, 2017 e como produtor: Surviving Confession (2019), drama/comédia, longa-metragem disponível em mais de 60 países, entre outros. É colunista Matraca Cultural (matracacultural.com.br). Recebeu os prêmios de melhor filmena Amostra de Cinema SESC Paulista de 2017, e melhor direção em documentário, pela Amostra de Cinema Brasileira em 2017. Palestrante convidado no Pixel Show 2018. A conferência Pixel show é o maior festival latino-americano focado em arte, criatividade, design, tecnologia e música e o segundo maior do mundo. Em 2018, mais de 25.000 participantes participaram do evento. Jo Rauen foi palestrante convidado com a apresentação "Paralelos das indústrias cinematográficas brasileira e americana", no HAKAYA MISK 2019, evento de cinema internacional que ocorre na Arábia Saudita com intenção de fomentar e conectar a indústria audiovisual local.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Retomada vacinação covid para pessoas com 34 anos ou mais em Jaraguá

A vacinação ocorre no pavilhão A do Parque Municipal de Eventos, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20h e finais de semana, das 8h às 17h
Retomada vacinação covid para pessoas com 34 anos ou mais em Jaraguá
Economia

Inscrições ao Programa Nascer de Pré-Incubação terminam amanhã

O Programa Nascer de Pré-Incubação de Ideias Inovadoras busca estimular o empreendedorismo inovador e o crescimento econômico. A edição regional deste ano acontecerá no Centro de Inovação Novale Hub
Inscrições ao Programa Nascer de Pré-Incubação terminam amanhã
Economia

Em abril, indústria de SC gerou 4,6 mil novas vagas de emprego

Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Ver mais de Variedades