CMJS - Novembro
Variedades

Idosa lança primeiro livro aos 101 anos

Days of Blue and Flame é o nome da obra de Sarah, que começou a escrever aos 90 anos

05 Out 2019 - 06h00Por Da Redação
Idosa lança primeiro livro aos 101 anos - Crédito: The Washington Post Crédito: The Washington Post

Sarah Yerkes que, aos 101 anos de idade, acaba de publicar o seu primeiro livro de poesias.

“Days of Blue and Flame” é o nome da obra de Sarah, que começou a escrever aos 90 anos.

Formada pela Escola de Design da Universidade de Harvard, Yerkes tem décadas de carreira como arquiteta e posteriormente, escultora, mas a profissão foi ficando inviável fisicamente pra ela.

Uma colega residente em Ingleside, em Rock Creek, a comunidade de aposentados em Washington onde ela mora, começou a fazer uma aula de poesia, então Yerkes se juntou a eles.

Há 3 meses, aos 101 anos, ela lançou sua primeira coleção de poemas, “Days of Blue and Flame”, publicada pela Passager Books na Universidade de Baltimore.

Paixão por escrever

O livro é a mais recente versão de uma mente criativa que trabalha com forma e estilo há quase um século.

“Eu realmente sinto que as boas fadas estavam sobre o meu berço, me dando o poder de criar”, disse Yerkes recentemente enquanto tomava café da manhã com flocos de milho e torradas em seu apartamento.

Morando 74 anos em Washington, Yerkes foi criada em Cleveland e educada como arquiteta.

Ela caiu no paisagismo acidentalmente quando ela e um amigo entraram em um concurso e venceram. Eles acabaram abrindo um negócio juntos.

A escultura chegou a ela décadas mais tarde, depois dos 50 anos e recém-casada com seu segundo marido, o arquiteto David Yerkes .

A história de vida de Yerkes lembrou a Naradzay outra conexão escultor-poeta: a de Auguste Rodin e Rainer Maria Rilke, que trabalhou como secretária de Rodin por um tempo. Rodin disse a Rilke:

‘Você não senta e espera por inspiração; você se senta e começa a trabalhar – você faz como se estivesse fazendo um trabalho regular ‘”, disse Naradzay.

Alguns desses sentimentos que a agora escritora Yerkes coloca nos livro não havia compartilhado nem mesmo com familiares próximos.

“Eu estava escrevendo para mim. Eu não pensei que fosse de domínio público ou que alguém estaria interessado ”, disse ela.

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Variedades

Estudantes constroem prótese para adolescente tocar violoncelo

Kayla Arqueta é do Texas, EUA. Ela nasceu sem a mão esquerda e parte do antebraço, o que não a impediu de fazer um teste para a orquestra da Austin Middle School, em Irving
Estudantes constroem prótese para adolescente tocar violoncelo
Schützenfest

31ª Schützenfest chega à reta final com expectativa de superar público de outros anos

Tivemos ao longo dos últimos dias e no primeiro fim de semana um público que vem superando, a cada dia, as edições passadas, apontou o diretor cultural da CCO, Sidnei Lopes
31ª Schützenfest chega à reta final com expectativa de superar público de outros anos
Variedades

Rádio Jaraguá vai de Variant 1975 para o Encontro Sul-Brasileiro de Veículos Antigos

O comunicador Valério Gorges vai para o evento conduzindo o Volkswagen Variant 1975
Rádio Jaraguá vai de Variant 1975 para o Encontro Sul-Brasileiro de Veículos Antigos
Variedades

Fiat Ravenna de Jaraguá recebe certificação WCD

O gerente pós venda, Ailton Fogaça, destaca o significado a certificação para o grupo
Fiat Ravenna de Jaraguá recebe certificação WCD
Ver mais de Variedades