Joaçaba Pneus
VARIEDADES

Eva, conhecida por denunciar abusos do padrasto, emociona público no 'Encontro'

25 Fev 2019 - 16h57

Eva Luana, que ficou conhecida no Instagram após denunciar seu padrasto por abusos sexuais, físicos e psicológicos, foi ao Encontro, de Fátima Bernardes, nesta segunda-feira, 25, após a repercussão nacional do caso.

A jovem conversou com os convidados do programa sobre o sofrimento que ela, sua mãe e a irmã passaram ao longo de oito anos, e confessou que denunciou não por ser corajosa, mas por sentir medo. O criminoso foi preso no dia 13 de fevereiro e nega as acusações.

"É difícil passar por isso e fingir para todo mundo. As pessoas não compreendiam e me achavam estranha. Às vezes, até metida. Eu me sentia uma fraca. A força veio da fraqueza", desabafou Eva, que foi perseguida pelo criminoso e forçada por ele a comer o próprio vômito.

O namorado, Mateus Casais, trabalhava com ela num Fórum em Camaçari, na Bahia, e disse que desconfiava das agressões antes mesmo de a parceira lhe contar. "Eu não tinha como perguntar, porque eu iria constrangê-la e criaria uma barreira. Então comecei a orar e ela me contou tudo no dia 19 de janeiro deste ano. Doía. Cada relato que ela me fez machucava em mim", relembrou ele, que encorajou Eva a denunciar o homem.

Fátima Bernardes destacou que não é só a vítima que pode denunciar crimes como o do padrasto de Eva, mas também qualquer pessoa que presenciar os abusos.

Vale ressaltar que o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos tem a Central de Atendimento à Mulher pelo número 180. O serviço funciona 24h por dia durante toda a semana e garante o anonimato de quem denuncia abusos. Além disso, o canal disponibiliza informações sobre amparos jurídicos e os direitos do público feminino.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Em abril, indústria de SC gerou 4,6 mil novas vagas de emprego

Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Saúde

Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 

Ao todo, já são 272 óbitos pela doença no município.
Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 
Geral

32ª edição Schützenfest é adiada para 2022

De acordo com o presidente da CCO, Alcides Pavanello, a decisão se deve às incertezas quanto aos prazos de imunização contra a covid-19 de toda a população
32ª edição Schützenfest é adiada para 2022
Ver mais de Variedades