Câmara de Guaramirim
Variedades

Estudantes constroem prótese para adolescente tocar violoncelo

Kayla Arqueta é do Texas, EUA. Ela nasceu sem a mão esquerda e parte do antebraço, o que não a impediu de fazer um teste para a orquestra da Austin Middle School, em Irving

16 Nov 2019 - 15h00Por Da Redação
Estudantes constroem prótese para adolescente tocar violoncelo - Crédito: Meredith Corporation Crédito: Meredith Corporation

Uma estudante do ensino médio está tocando violoncelo graças a universitários que se uniram para fazer um braço protético pra ela.

Kayla Arqueta é do Texas, EUA. Ela nasceu sem a mão esquerda e parte do antebraço, o que não a impediu de fazer um teste para a orquestra da Austin Middle School, em Irving.

“Kayla veio ao teste e me disse que queria entrar para a orquestra”, disse a diretora da orquestra da escola, Carly Addison.

Addison foi ao Google e encontrou a história de uma jovem que aprendeu a tocar violoncelo depois de receber um braço protético.

Ao saber que os planos para o projeto do braço estavam disponíveis gratuitamente on-line, Addison procurou o professor de engenharia da Nimitz High School, Dwight Davison.

Ele tinha acabado de comprar três impressoras 3D para aula. “Essa foi uma oportunidade incrível para Kayla, e mais incrível para os alunos”, lembrou Addison.

Voluntários

A turma de estudantes voluntários começou a criar um design feito especialmente para Kayla, para que ela se sentisse o mais confortável possível.

“Eu sei que ela poderia formar uma família com o que ela quer fazer e, se ela tem uma paixão por isso, acho que ela deveria fazer isso”, disse a estudante Arianna Tovar que  faz parte da orquestra da escola.

O design dos estudantes de engenharia foi bem sucedido e eles conseguiram imprimir a prótese e a roupa de Kayla.

“Você pode ver a capacidade dela incentivada por todos os outros músicos em sua sala de aula”, disse Addison no vídeo.

‘Se sentir normal’

Kayla ficou emocionada com sua experiência na banda e já fez novos amigos que, segundo ela, fazem “se sentir normal”.

“Eu aprendi que as pessoas estão dispostas a ajudar e que não há problema em ser diferente”, disse ela.

“Gostaria que outros alunos soubessem que a vida é desafiadora, mas todo mundo vai amar você por quem você é.”

Fonte: SóNotíciaBoa


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Variedades

Abertura do Natal Mágico de Barra Velha reuniu mais de 12 mil visitantes

Desfile, show pirotécnico, show nacional e a maior árvore de Natal de garrafa pet do Brasil fizeram a alegria da comunidade
Abertura do Natal Mágico de Barra Velha reuniu mais de 12 mil visitantes
Artistas

Dupla sertaneja, Fiduma & Jeca, canta novo sucesso na Jaraguá FM

Dupla sertaneja, Fiduma & Jeca, canta novo sucesso na Jaraguá FM
Variedades

Domingo tem festa em devoção à Santa Luzia, a Protetora dos Olhos

A programação do chamado tríduo festivo começou com a missa celebrada na quinta-feira (5) e segue nesta sexta-feira (6), sempre no horário das 19h30, na Comunidade Santa Luzia, no bairro que leva o mesmo nome.
Domingo tem festa em devoção à Santa Luzia, a Protetora dos Olhos
Visitas

Alunos do Colégio Marista conhecem estrutura da Rádio Jaraguá FM

Alunos do Colégio Marista conhecem estrutura da Rádio Jaraguá FM
Ver mais de Variedades