Joaçaba Pneus
Dia da Mulher

Bombeira, Motorista, Frentista, Policial e Açougueira... Feliz Dia da Mulher!

Anos atrás as mulheres não tinham as mesmas oportunidades que os homens no mercado de trabalho. Hoje é diferente!

08 Mar 2019 - 06h30Por Jornalismo Rádio Jaraguá
Bombeira, Motorista, Frentista, Policial e Açougueira... Feliz Dia da Mulher! - Crédito: Jornalismo Rádio Jaraguá Crédito: Jornalismo Rádio Jaraguá

O Dia Internacional da Mulher é comemorado anualmente no dia 8 de março. A data foi criada no início do século XX, nos Estados Unidos e na Europa principalmente, decorrente das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, e também pelo direito de voto. Ou seja, este dia é tratado como uma celebração de conquistas. 

Na época as mulheres não tinham as mesmas oportunidades que os homens no mercado de trabalho. Mas hoje em dia, já existe uma mudança significativa na forma de enxergar a mulher.

A Rádio Jaraguá buscou algumas profissões importantes na sociedade que antes eram oportunizadas só para homens e hoje o mercado de trabalho busca por vagas femininas. Bombeiro é uma dessas profissões. Isabel Papp Konell é uma bombeira voluntária que está há 18 anos na corporação. Ela fez parte da primeira turma feminina de bombeiras que iniciou em 2000. 

Telma Pereira é motorista de ônibus na Viação Canarinho há 17 anos. Ela conta que foi contratada quando a empresa implantou o sistema “rapidinho”, com micro-ônibus.

A soldada do 14º Batalhão de Polícia Militar, Jéssica Luiza Dal Magro, comemora o espaço que a mulher vem conquistando na sociedade. “Hoje na Polícia Militar nós temos em lei que 10% do efetivo seja feminino.”

Frentista também se encaixa nas profissões que antes tinha preferência masculina. Eliana Aparecida Rossi viu o novo trabalho como um desafio. “Eu não sabia e não entendia nada, tudo que eu aprendi foi aqui. Na verdade, nunca trabalhei como frentista, o primeiro lugar é aqui. Mas consegui aprender, apesar dos deslizes”, conta Rossi. Na avaliação dela, o mais difícil do trabalho é conviver com pessoas que não aceitam as mulheres em qualquer profissão. 

Alvina Canpregher Ropelato trabalha como açougueira há mais de 20 anos. Ela segue a profissão do pai e do avô.  


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Economia

Em abril, indústria de SC gerou 4,6 mil novas vagas de emprego

Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Saúde

Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 

Ao todo, já são 272 óbitos pela doença no município.
Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 
Geral

32ª edição Schützenfest é adiada para 2022

De acordo com o presidente da CCO, Alcides Pavanello, a decisão se deve às incertezas quanto aos prazos de imunização contra a covid-19 de toda a população
32ª edição Schützenfest é adiada para 2022
Ver mais de Variedades