VARIEDADES

Amber Heard diz que sofreu ameaças após denunciar Johnny Depp por agressão

21 Dez 2018 - 12h47

Amber Heard revelou ao jornal "Washington Post" o impacto que suas denúncias de abuso doméstico contra o ex-marido Johnny Depp trouxeram para sua carreira de atriz. Ela alegou que se tornou uma figura pública que representava a violência contra a mulher em 2016, quando acusou o ator de lhe bater. "Amigos e conselheiros falavam que eu nunca mais arranjaria algo no mundo artístico, que eu estaria na lista negra", disse.

Amber falou, ainda, que precisou mudar de número de celular a cada semana, porque desconhecidos a ameaçavam de morte. "Senti-me como se eu estivesse em julgamento no tribunal da opinião pública", desabafou.

Johnny Depp sempre negou as acusações e lamenta, até hoje, o fato de ser considerado um homem violento. Amber Heard e ele se divorciaram em maio de 2016.

Aquaman

Atualmente, a atriz faz o papel de Mera em "Aquaman", filme que estreou na última quinta-feira, dia 13, no Brasil. A produção traz Jason Mamoa como no papel do super-herói.

Matérias Relacionadas

Economia

Em abril, indústria de SC gerou 4,6 mil novas vagas de emprego

Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Saúde

Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 

Ao todo, já são 272 óbitos pela doença no município.
Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 
Geral

32ª edição Schützenfest é adiada para 2022

De acordo com o presidente da CCO, Alcides Pavanello, a decisão se deve às incertezas quanto aos prazos de imunização contra a covid-19 de toda a população
32ª edição Schützenfest é adiada para 2022
Ver mais de Variedades