Delivery Much
VARIEDADES

'A Chorona' traz de volta o universo 'Invocação do Mal'

29 Abr 2019 - 08h05Por Luiz Carlos Merten

Há algo de sinistro nos filmes de terror de James Wan, que remetem sempre às áreas mais sombrias da mente humana. O mal não se deve a nenhuma maldição ancestral, mas a uma deturpação do humano. De cara, em A Maldição da Chorona, somos projetados num universo paradisíaco. Um marido presenteia a mulher com um colar, numa bucólica cena desenrolada no México, séculos atrás. Brincam com os filhos, e de repente o caçula está sozinho. Com medo, o menino chama - "Mamá! Mamá!" Encontra a mãe com o rosto transtornado, e afogando o irmão. Ela corre atrás dele - para matar. Você já ouviu falar de Medeia, que matou os próprios filhos para se vingar do marido. Aos poucos, a história da Chorona vai sendo desenrolada.

Corte para a atualidade

Uma assistente social, Anna, investiga por que duas crianças sob sua supervisão deixaram de ir à escola. Encontra a mãe enlouquecida, as crianças em cativeiro. São levadas para uma instituição, sob protestos da mãe, que adverte - "A Chorona virá buscá-las!" Não ocorre outra coisa e, de repente, é a própria assistente que está enfrentando a desconfiança de todos. Viúva de um policial, seus filhos passam a apresentar marcas de violência, como se ela estivesse abusando deles. O padre é o único que lhe dá atenção. Ele conta a história da Chorona, que matou os filhos para se vingar do marido adúltero. Depois, consumida pelo remorso, ela passou a buscar outras crianças. Para substituir as suas? Não - para também afogar. A Chorona tentará matar o casal de filhos de Anna/Linda Cardellini,. Precavida, ela se colocou sob a proteção de Rafael/Raymond Cruz, outro padre que renegou a Igreja, mas não Deus.

A maquiagem que transforma Marisol Ramirez na Chorona não é só bem-feita. É assustadora. A bela mulher vira um monstro. Tenta afogar a menina na banheira de casa, tem aquelas unhas medonhas de bruxa. Mas, na verdade, não é a maquiagem que assusta em A Maldição da Chorona. É essa ideia de que todo mal vem do humano. A Chorona soluça, verte suas lágrimas, mas isso não a impede de ser quem é. Cuidado com as crianças, porque é da natureza dela, da natureza do mal, provocar destruição. Spoiler: depois que tudo está resolvido, aquela pocinha dágua ali no chão - o que é? Lágrimas? A Chorona vai voltar? Com toda certeza, James Wan tem o toque de Midas. Tudo o que toca, seus filmes de terror, viram hits.

Foi a pior Páscoa nos cinemas dos EUA, em muitos anos. A indústria preferira resguardar-se para não prejudicar o grande lançamento do ano. No Brasil, Vingadores - Ultimato estreou na quinta, 25. Nos EUA e Canadá, na sexta, 26. Para salvar a Páscoa norte-americana, só a Chorona. Lançado no feriadão, o filme faturou US$ 20 milhões e liderou as bilheterias nos EUA, no Brasil.

Razoável, mas nada que se compare a Vingadores, que faturou, no fim de semana, US$ 1.2 bilhão em todo o mundo. A Chorona terá sequência? O final em aberto é uma aposta de que sim. Mas foi a pior abertura da série Invocação do Mal. O que tem a ver? O vínculo existe porque Tony Amendola reprisa o papel do Padre Perez, de Conjuring e Annabelle. A boneca aparece rapidamente na Chorona. A cena que seria crucial foi cortada, mas deve ir para os extras no DVD. Anna pergunta o que fazer com o colar e Padre Rafael sugere enviar para um casal que investiga atividades paranormais na Califórnia - Patrick Wilson e Vera Farmiga, claro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Corupá confirma sexta morte por Coronavírus

A prefeitura lembra que as medidas de prevenção ao Coronavírus devem ser reforçadas por todos os moradores.
Variedades

Prestação de contas amplia chances de captação de recursos para projetos sociais

Lives do Fundo Social podem ser conferidas no canal do SESI/SC no YouTube
Prestação de contas amplia chances de captação de recursos para projetos sociais
Variedades

Fundo Social aborda nesta terça (27) Lei de Incentivo ao Esporte

Mundo

Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição

Além de fazer imagens, a missão pretende coletar areia obtida em solo
Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição
Ver mais de Variedades