terça, 23 de julho de 2019 - 05h04
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Segurança

Oeste de SC tem maior taxa de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes

O número é superior à média nacional, de 2%, e estadual, de 2,7% de casos

15 Mai 2019 - 10h21Por Janici Demetrio
Oeste de SC tem maior taxa de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes - Crédito: Ilustrativa / Divulgação Crédito: Ilustrativa / Divulgação

O Oeste é a região catarinense com casos mais recorrentes de violência sexual contra crianças e adolescentes. Os dados são do levantamento Diagnóstico da Realidade Social da Criança e do Adolescente, o estudo mais recente realizado em 2016 pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Estado de Santa Catarina.

As cidades que fazem parte da Associação de Municípios do Extremo-Oeste de Santa Catarina (AMEOESC) tiveram a maior taxa do Estado, com 3,5% para cada mil moradores até 17 anos. Ao todo, foram 152 notificações a cada mil habitantes desta faixa etária, em um cenário de 43.347 crianças e adolescentes.

A região da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI) reuniu o segundo maior índice, com 3,2% de casos a cada mil pessoas dessa faixa etária. A região da Associação dos Municípios do Meio-Oeste Catarinense (AMMOC) ficou em terceiro lugar, com taxa de 3,1%.

Todos esses municípios fazem parte da taxa "muito alta", considerada a mais preocupante, conforme classificação do levantamento Diagnóstico da Realidade Social da Criança e do Adolescente do Estado de Santa Catarina.

O número é superior à média nacional, de 2%, e estadual, de 2,7% de casos. O menor índice do Estado foi registrado na região de Laguna, com 1,8% de casos a cada mil. 


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!