transito
Segurança

Homem que assassinou mulher em Guaramirim, matou adolescente em 2014

Na época o homem foi julgado e condenado a mais de 18 anos, mas devido a progressão de pena foi solto após cerca de 10 anos de prisão.

24 Mai 2024 - 11h55Por Ricardo Rabuske
Homem que assassinou mulher em Guaramirim, matou adolescente em 2014 - Crédito: Ricardo RabuskeHomem que assassinou mulher em Guaramirim, matou adolescente em 2014 - Crédito: Ricardo Rabuske

O assassino confesso da mulher de 40 anos em Guaramirim na madrugada desta sexta-feira (24), já havia sido preso por homicídio e retirou a tornozeleira eletrônica há pouco tempo.  

Em 2014 o homem de 45 anos foi condenado a mais de 18 anos de prisão pela morte de Claudiane Salla Belarmino, que na época tinha apenas 15 anos. E após 10 anos voltou matar.

Na época, o homem, que era cunhado da vítima, também confessou o crime. De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), os dois mantinham um caso extraconjugal. Em 22 de setembro de 2014, ele a buscou de carro e a levou para um motel, onde a matou.

A 2ª Vara da Comarca de Guaramirim condenou o homem por homicídio qualificado por motivo torpe, porque o homem queria esconder o caso extraconjugal.

Segundo a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), na manhã do dia 22 de setembro de 2014, o homem foi de carro até um local combinado entre ele e a adolescente. Confiando nele, a jovem entrou no veículo. Escondendo suas verdadeiras intenções, Ele levou a garota até um motel em Guaramirim, onde a matou. Após cometer o crime, ele levou o corpo da vítima para o bairro Caixa D'Água, na zona rural de Guaramirim, onde ateou fogo. Para o MPSC ele cometeu o homicídio para ocultar da própria esposa a relação extraconjugal que mantinha com a adolescente, que era sua cunhada.

A vítima, Claudiane foi considerada desaparecida por uma semana antes de seu corpo ser encontrado. Devido ao estado carbonizado do corpo, a família conseguiu identificar a jovem apenas pelas roupas que ela vestia.

Quase três meses após o crime, em 14 de novembro de 2014, o homem foi preso e encaminhado ao Presídio Regional de Jaraguá do Sul onde cumpriu a pena.

Devido a progressão de pena, o homem foi solto antes mesmo de cumprir os 18 anos do qual foi condenado.

Relembre o crime que ocorreu nesta manhã:
 

Segundo relatos coletados pela reportagem da Rádio Jaraguá, o homicídio registrado nesta manhã de sexta-feira (24), ocorreu após uma desavença entre a vítima e a proprietária da casa. O autor teria cometido o assassinato como uma "prova de amor".

Durante a noite, o homem invadiu a residência e esfaqueou Juliana enquanto ela dormia ao lado do filho. Após cometer o crime, ele informou à proprietária da casa que havia "resolvido a situação". Sem acreditar, a mulher insistiu para que ele provasse suas ações. O autor então retornou à cena do crime, filmou a vítima já morta, arrumou a criança na cama e deixou o local novamente.

Ao ver o vídeo, a mulher passou mal e foi levada ao hospital, onde a Polícia Militar foi acionada. A PM deteve o autor nas proximidades e ele forneceu detalhes sobre o ocorrido, incluindo a localização da faca utilizada no assassinato.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nossos grupos do WhatsApp ou no Telegram

Sintonize, siga e curta a Rádio Jaraguá em todas as plataformas

Insta: @radiojaragua

Face: /fmjaragua

Site: www.diariodajaragua.com.br

Matérias Relacionadas

Segurança

Traficantes usam Correios para entrega de drogas em Santa Catarina

Operação "Envio Seguro" apreende duas mil porções de ecstasy enviadas pelos Correios
Traficantes usam Correios para entrega de drogas em Santa Catarina
Segurança

PRF apreende 400 garrafas de vinhos que seriam entregues em Jaraguá do Sul

As garrafas de vinhos argentinos estavam sendo transportadas ilegalmente.
PRF apreende 400 garrafas de vinhos que seriam entregues em Jaraguá do Sul
Segurança

Homem é acusado de estupro contra adolescente de 14 anos em Guaramirim 

Caso foi registrado na noite de domingo 
Homem é acusado de estupro contra adolescente de 14 anos em Guaramirim 
Segurança

Abate ilegal de boi vira caso de Polícia em Guaramirim

Uma arma irregular foi apreendida.
Abate ilegal de boi vira caso de Polícia em Guaramirim
Ver mais de Segurança