Segurança

Acidente na BR-376: Comitiva de Pará deve chegar nesta tarde no Paraná

O grupo, formado por médico, perito, bombeiro, delegado de Polícia Civil e major da Polícia Militar, vai auxiliar no atendimento às vítimas e no esclarecimento sobre o acidente

26 Jan 2021 - 10h34Por Janici Demetrio
Acidente na BR-376: Comitiva de Pará deve chegar nesta tarde no Paraná  - Crédito: Divulgação SSP - Paraná Crédito: Divulgação SSP - Paraná

Uma comitiva do estado do Pará deve chegar no início da tarde desta terça-feira (26) no Paraná para cuidar das tratativas do acidente com um ônibus de turismo quer vitimou 19 pessoas, no início da manhã de segunda-feira (25) na BR 376 em Guaratuba.

Câmara de Vereadores de Jaraguá

O grupo é formado por médico, perito, bombeiro, delegado de Polícia Civil e major da Polícia Militar e está sendo aguardado pela equipe da Secretaria da Segurança Pública do Paraná que trabalha para dar atendimento e suporte às vítimas e também, esclarecer sobre o acidente.  

“A nossa secretaria de segurança está trabalhando com a secretaria daquele estado para que a solução deste caso se dê o mais breve possível, nosso esforço está sendo total para diminuir o sofrimento destas famílias neste momento de dor, gerada por esta grande tragédia”, explica o secretário paranaense, Romulo Marinho Soares.

Segundo informações daquele estado, o proprietário da empresa também já está vindo ao Paraná, para fazer as tratativas com a seguradora, a fim de providenciar o translado dos corpos. Além disso, conforme informado, aquele governo está fazendo a contratação de uma aeronave para levar os corpos para o estado do Pará. 

“Este trabalho está sendo em conjunto com nossa Polícia Científica, e com todas as diretrizes e respeito necessários”, acrescentou o secretário.

Quando um acidente desta magnitude ocorre, a Polícia Científica do Paraná aciona a Comissão Permanente de Identificação de Vítimas de Desastres (DVI), cuja presidente é a perita Viviane Paola Zibe e Piegel para realizar o protocolo internacional de identificação das vítimas. Neste caso em particular, foram enviados sete peritos criminais para o local a fim de periciar tanto o acidente quanto atuar na preservação dos vestígios que irão auxiliar a identificação de todos os envolvidos.

“Nossa participação foi para recolher dados que vão subsidiar na identificação das vítimas deste desastre. Conseguimos conversar com o pessoal da PRF e do Corpo de Bombeiros para ver para onde foram as vítimas vivas, para quais hospitais. Agora estamos trabalhando na confirmação dos nomes. No local, também organizamos a ida dos rabecões para Curitiba”, descreveu a presidente.

“A perícia verificou também as condições da pista e da sinalização naquele local e começou a reconstruir a dinâmica desta ocorrência”, completou o perito oficial e Coordenador das ações da Polícia Científica no Verão Consciente, Alex Tavares.

Ainda de acordo Secretaria de Segurança Pública, das vítimas fatais, dez são homens e nove são mulher, sendo que, três são menores de idade. Até a noite de segunda-feira (25) 15 vítimas já haviam sido indetificadas. 

A Polícia Civil também está atuando nos trabalhos desde a metade da manhã. De acordo com o Delegado plantonista de Guaratuba, Cristiano Quintas, as investigações continuam e será instaurado um inquérito policial a cargo da Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba (DEDETRAN).

 “Foi determinada que a DEDETRAN fizesse o inquérito policial, até mesmo em razão dos corpos das vítimas estarem sendo removidos para o IML de Curitiba”, disse. 

O delegado também falou que já ouviu o motorista do ônibus. 

“O motorista não apresentava sinais de embriaguez, e relatou que teria detectado um problema nos freios, ao entrar em uma curva, mas não conseguiu entrar em nenhuma área de escape, bateu no guard rail, tombou e caiu em um desfiladeiro”, explica o delegado. 

Ainda segundo ele, serão ouvidas testemunhas e vítimas sobreviventes para apurar o trágico acidente.

Todas as vítimas foram encaminhas para hospitais da região. As vítimas em estado mais grave foram encaminhadas, via aeronave para o Hospital Cajuru, em Curitiba e, também, para o Hospital São José, em Joinville. Já as vítimas leves e moderadas foram encaminhadas, por ambulâncias, a hospitais em Garuva e Joinville. 

Para ficar bem informado entre no grupo do WhatsApp da Rádio Jaraguá e receba as notícias.  

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Segurança

GAECO deflagra operação de combate à facção criminosa em SC

Ação da polícia tem desdobramentos na região de Joinville
GAECO deflagra operação de combate à facção criminosa em SC
Segurança

Homem fica ferido após queda de moto em Jaraguá 

O acidente ocorreu às 21h de terça-feira (23)
Segurança

Casal é preso após briga em Schroeder

Fato ocorreu na tarde de terça-feira (23)
Segurança

Sogra atinge genro com paulada na cabeça durante discussão em Jaraguá

Fato ocorreu na noite de terça-feira (23) no bairro Rau
Sogra atinge genro com paulada na cabeça durante discussão em Jaraguá
Ver mais de Segurança