105 Ouça
Saúde

Vacinação contra Covid-19 para adolescentes é retomada em Jaraguá do Sul

Antecipação da Pfizer também está liberada para que tomou a primeira dose até 24/08

20 Out 2021 - 19h02Por Ricardo Rabuske
Vacinação contra Covid-19 para adolescentes é retomada em Jaraguá do Sul - Crédito: Divulgação PMJSVacinação contra Covid-19 para adolescentes é retomada em Jaraguá do Sul - Crédito: Divulgação PMJS

A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que, a partir desta quarta-feira (20), está retomada a vacinação covid-19 para adolescentes entre 12 e 17 anos.

A prefeitura Informa ainda que a antecipação com o imunizante da Pfizer está liberada para as pessoas que tomaram a primeira dose (D1), até o dia 24 de agosto (24/08).

O adolescente deverá estar acompanhado pelos pais e/ou responsáveis legais ou apresentar a Declaração de Autorização para Adolescente disponível no site da prefeitura assinado por um dos pais ou responsável legal, apresentar documento pessoal com foto e carteirinha de vacinação

Clique aqui para baixar a declaração

Comprovante de residência
A vacinação segue para os demais grupos contemplados anteriormente.
A Central de Vacinas Covid-19 atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e fim de semana, das 8h às 17h.

Serviço
VACINAÇÃO LIBERADA:

Primeira dose (D1)
Liberada para pessoas com 18 anos e mais

Segunda dose (D2)
AstraZeneca e CoronaVac: liberada conforme data indicada na carteirinha.

Antecipação com a Pfizer
Segunda dose (D2) da Pfizer liberada para quem tomou a primeira dose (D1), ATÉ o dia 24 de agosto (24/8).

Dose de reforço (DR)
Profissionais da saúde que receberam as duas doses até 30 de abril
Pessoas com 70 anos ou mais que tomaram as duas doses até o dia 30 de abril
Pessoas com alto grau de imunossupressão: (Com intervalo de 28 dias após a D2)

TRABALHADORES DA SAÚDE

*Documentos solicitados:

Crachá institucional ou Comprovante de folha de pagamento ou Declaração do estabelecimento de saúde ou Declaração de trabalho em cuidados domiciliares;

Documento pessoal com foto ou Carteira Profissional;

Carteirinha de Vacinação com a comprovação do esquema vacinal completo;

Comprovante de residência;
Clique aqui para baixar a Declaração de trabalho em cuidadores domiciliares

Consideram-se trabalhadores da saúde indicados para receber a dose de reforço aqueles que atuam comprovadamente em estabelecimentos de saúde e residem no município de Jaraguá do Sul:

Estabelecimentos de assistência:

Vigilância à saúde;

Regulação e gestão à saúde;

Estabelecimentos de serviços de saúde:

Hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias e outros locais.

Profissionais de saúde;

Agentes comunitários de saúde;

Agentes de combate às endemias;

Profissionais da vigilância em saúde;

Trabalhadores de apoio como:

Recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e outros, além de trabalhadores de serviços de interesse à saúde;

Profissionais de Saúde que atuam em cuidados domiciliares;

Atuam em programas ou serviços de atendimento domiciliar como:

Cuidadores de idosos, doulas e parteiras;

Os estudantes de graduação e pós-graduação das profissões de saúde, no que couber, desde que estejam em atividade de exposição ao coronavírus em razão de estágios curriculares e outras modalidades de prática acadêmica.

ALTO GRAU DE IMUNOSSUPRESSÃO

Documentos necessário para comprovar a condição:

Laudo médico indicando alto grau de imunossupressão conforme lista abaixo e/ou Receita médica conforme o uso das medicações citadas abaixo

Documento pessoal com foto

Carteirinha de Vacinação com a comprovação do esquema vacinal completo

Comprovante de residência

Patologias que se enquadram no alto grau de imunossupressão:

imunodeficiência primária grave.

quimioterapia para câncer.

transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras.

pessoas vivendo com HIV/

uso de corticóides em doses menor ou igual a 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por menor ou igual a 14 dias.

uso de drogas modificadoras da resposta imune.

pacientes em hemodiálise.

pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas

doenças inflamatórias crônicas.

Medicações que se enquadram no alto grau de imunossupressão:

Metotrexato

Leflunomida

Micofenolato de mofetila

Azatiprina

Ciclofosfamida

Ciclosporina

Tacrolimus

6-mercaptopurina

Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe)

Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe)

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou do Telegram!

GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Variante B1.1.529 foi batizada de Omicron
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério
Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Saúde

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

Bolsonaro diz que tomará medidas racionais contra nova variante
Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown
Saúde

Covid-19: Jaraguá libera reforço para quem tomou a D2 até 07 de julho

Também segue a imunização para quem ainda não tomou a D2 e para outros grupos
Covid-19: Jaraguá libera reforço para quem tomou a D2 até 07 de julho
Ver mais de Saúde